Aaron Seigo, desenvolvedor do KDE, afima que os gerentes de comunidades são uma fraude e uma farsa

Segundo Aaron Seigo, desenvolvedor do KDE, "o papel de "gerente de comunidade" que é cada vez mais comum no mundo do software livre é uma fraude e uma farsa".

A mensagem foi postada por Aaron Seigo em sua página do Google+. E parece que o desenvolvedor conseguiu o que estava procurando, irritar membros e vários gerentes da comunidade. Alguns pensam que ele está acertando algumas questões importantes, por outro lado, outros pensam que ele está errado.

"Aqui vamos nós, lança-chamas em todo mundo: o papel de "gerente de comunidade" que é cada vez mais comum no mundo do software livre é uma fraude e uma farsa. Se a sua comunidade tem um "manager", que não está sendo tratado como uma comunidade e, provavelmente, não é uma comunidade para começar", diz Aaron Seigo.

"A melhor descrição pode cair dentro de: a) um trabalho onde alguém está tentando levar as pessoas a participar em seus termos em seu benefício durante a tentativa de convencê-los de que não é o caso em tudo e todos são igualmente juntos nisso; b) uma organização de culto; c) um público cativo que está sendo preparado ativamente para fins de marketing ... talvez uma mistura das anteriores. Não, no entanto, uma comunidade", completa Aaron Seigo.

Uma das ideias do post de Aaron Seigo é que as empresas estão realmente usando os gestores da comunidade para reunir a comunidade na direção que eles querem, e não o contrário.

Ele também diz que as comunidades reais têm facilitadores e líderes de várias formas, que são "responsáveis ​​perante a comunidade, selecionados pela comunidade, derivam sua influência de consenso da comunidade e pode ser substituído pela comunidade a pedido da comunidade." Isso soa um pouco como o projeto Debian, que é um exemplo de democracia no mundo open source.

Apesar de Aaron Seigo não citar nomes, o alvo poderia muito bem ser o projeto Ubuntu, que tem os gestores da comunidade escolhidos pela Canonical.

FONTE: SempreUpdate

COMENTÁRIOS