Acelerador de partículas Large Hadron Collider (LHC) volta a funcionar após dois anos de manutenção


O Large Hadron Collider (LHC) do CERN, considerado o maior e mais poderoso acelerador de partículas do mundo, voltou a funcionar no último domingo (05/04) depois de ficar dois anos em manutenção.

Os equipamentos elétricos e magnéticos do acelerador têm vida útil limitada e precisam de manutenção de tempos em tempos, permitindo que o LHC esteja ativo apenas pelos próximos três anos. Passando esse período, o LHC entrará em manutenção novamente.

O acelerador de partículas Large Hadron Collider (LHC) faz parte da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear ou CERN, na sigla em inglês. Segundo os diretores da organização, os primeiros feixes de partículas a serem acelerados nessa segunda fase do equipamento foram bem lentos em relação à capacidade total, já que tudo está sendo feito em caráter de teste por enquanto. Nenhuma colisão foi feita até o momento.

A expectativa é de que, até o verão no hemisfério norte (inverno no sul), os pesquisadores consigam fazer experimentos com 13 TeV, o equivalente a cerca de 99,999999% da velocidade da luz. O último grande experimento do LHC resultou na comprovação da existência do Bóson de Higgs. Contudo, ainda não se sabe quais grandes teorias da física o acelerador deve testar.

FONTE: Tecmundo
IMAGEM: HypeScience


Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos este post?
Colabore deixando um comentário ou clicando aqui!

COMENTÁRIOS