Valve vai limitar contas do Steam que não gastam com jogos


A Valve anunciou que agora vai aplicar uma série de restrições em contas do Steam que não apresentam movimentações financeiras. Segundo a empresa, a medida foi tomada na tentativa de combater as práticas de phishing e spamming dentro dos seus domínios.

Caso o usuário queira ter acesso a todas a funcionalidades do Steam, terá que gastar pelo menos US$ 5 — o equivalente a um pouco mais de R$ 15 na cotação atual, caso contrário, existirá limitações na interação entre a comunidade de jogadores, incluindo o envio de convites de amizade, a criação de chats em grupo, a votação em projetos participantes do Greenlight, a submissão de conteúdos para o Steam Workshop, a participação do Steam Market, a realização de comentários frequentes nas discussões dos fóruns existentes, o acesso ao Steam Web API e o aumento do nível de perfil.

Ainda, segundo a Valve, para ter acesso a todas as funcionalidades, não adianta o jogador ativar um game já comprado, jogar apenas títulos gratuitos ou trials promocionais (como os jogos disponibilizados gratuitamente durante finais de semana) ou ativar chaves de acesso promocionais ofertadas por fabricantes de componentes de hardware ou títulos ganhos como “presente” de outros adeptos da plataforma.

FONTE: Tecmundo

COMENTÁRIOS