Canonical vai criar uma versão especial do Ubuntu para rodar no LinuxONE da IBM

A Canonical e IBM anunciaram uma nova parceria para trazer o Ubuntu para a plataforma z Systems e para os servidores mainframe lançados recentemente pela IBM que operam exclusivamente com Linux, chamados LinuxONE.

As companhias já vinham trabalhado juntos há algum tempo, mas não nesta escala. A nova parceria irá garantir que o Ubuntu possa sentir a sua presença em mais sistemas lá fora, mas desta vez nos servidores de cloud e em servidores corporativos seguros.

O fato de que a IBM decidiu confiar ainda mais em ferramentas open source é uma prova de sua qualidade. É preciso muito para uma empresa grande possa confiar em código aberto para o seu futuro, mas eles devem sentir que é o caminho a seguir.



"A IBM irá permitir ferramentas de indústria e software open source, incluindo Apache Spark, Node.js, MongoDB, MariaDB, PostgreSQL e Chef em z Systems para oferecer aos clientes opções e flexibilidade para implantações de cloud híbrida. SUSE, que fornece a distribuição Linux para mainframe, vai agora suportar KVM, dando aos clientes uma nova opção de hypervisor. Canonical e IBM também anunciaram planos de criar uma distribuição Ubuntu para z Systems e LinuxONE. A colaboração com a Canonical traz Ubuntu scale-out e especialização em cloud para a plataforma z Systems da IBM, expandindo ainda mais seu alcance e suporte", diz o anúncio oficial.

Os novos mainframes serão disponibilizados no mercado em duas versões. O primeiro é chamado de Emperor e executa o IBM z13, desenvolvido em janeiro deste ano. O z13 tem capacidade de lidar com 2,5 bilhões de transações por dia, de acordo com a IBM. A outra versão é menor e chamada de Rockhopper, que é projetado para compradores de entrada no mercado de computadores dedicados a processamento de dados.

A nova parceria foi revelada durante o evento LinuxCon North America 2015, que começou nesta segunda-feira (17) e terminará em 19 de agosto.


FONTE: Softpedia | Canaltech

COMENTÁRIOS