Conheça as plataformas que inicialmente terão suporte a API Vulkan


Recentemente o The Khronos Group (consórcio de empresas responsável pela criação e manutenção do OpenGL) revelou mais detalhes sobre a API Vulkan, que possui em seu núcleo as melhores partes da API Mantle, da AMD, e que pretende substituir o atual OpenGL.

Durante o evento Khronos SIGGRAPH 2015, o presidente do The Khronos Group e empregado da NVIDIA, Neil Trevett, subiu ao palco para falar um pouco sobre a API Vulkan. Segundo ele, as plataformas que inicialmente terão suporte a API Vulkan, são: SteamOS (da Valve), Ubuntu, Red Hat Linux, Tizen (da Samsung), Android e Windows (nas versões 10 até 7, embora seria possível apoio XP por fornecedores de drivers).


No caso do Android, não é nem uma novidade, pois a Google já tinha anunciado que tem a intenção de usar o Vulkan como a nova API gráfica de baixo nível em seu sistema.

Várias distribuições Linux Terão suporte a API Vulkan

Sobre as distribuições Linux, é claro que inúmeras terão suporte ao Vulkan/SPIR-V. Foi mencionado apenas as distribuições Linux Ubuntu e Red Hat Linux porque ambas se juntaram ao The Khronos Group no ano passado para garantir o suporte da API Vulkan no X11, Wayland e Mir. A Valve também faz parte do The Khronos Group e seu sistema, o SteamOS, é baseado no Debian e utiliza o X11.

Para mais novidades sobre a nova API Vulkan, fique ligado no LinuxBuzz.


FONTE: Phoronix
IMAGEM: Phoronix

COMENTÁRIOS