Saiba porque boa parte da comunidade do Ubuntu odeia tanto a central de programas


Para algumas pessoas, a central de programas do Ubuntu facilita muito a vida, principalmente para quem está chegando agora no sistema operacional da Canonical. No entanto, grande parte da comunidade do Ubuntu acredita que a central de programas é terrível e precisa ser substituída com urgência.

O Ubuntu Software Center, como também é conhecida a central de programas, é um aplicativo bastante antigo, sendo um dos primeiros do tipo. O Ubuntu vem utilizando a aplicação muito antes de outros sistemas operacionais terem essa ideia. Isso se você levar em consideração que o Ubuntu Software Center também é uma loja de apps, além do fato de ser um gerenciador de pacotes.


As principais razões para o Ubuntu Software Center ser tão odiado

Segundo o site Softpedia, entre os maiores problemas do Ubuntu Software Center citados pela comunidade, é o fato dele ser lento, possuir recomendações pobres de apps e ter diversos bugs, isso simplesmente pelo fato de não receber atualizações há muito tempo.

Além de não oferecer transparência durante as instalações. Isso porque quando os programas são instalados direto dos repositórios ou através de um arquivo DEB, a central de programas do Ubuntu não fornece qualquer tipo de feedback sobre quais dependências são necessárias.

Isto é importante porque alguns aplicativos vêm com um monte de dependências. Por exemplo, é possível instalar um aplicativo que geralmente é executado no ambiente gráfico KDE. Esse aplicativo vai trazer muitas dependências do KDE, mas o Ubuntu Software Center não deixa você pode saber disso.

Ubuntu Mate decide abandonar o Ubuntu Software Center

Recentemente os desenvolvedores do Ubuntu Mate decidiram remover o Ubuntu Software Center e deixar que os próprios usuários escolham entre a central de programas do Ubuntu e o gerenciador de pacotes proprietário App Grid.


FONTE: Softpedia

COMENTÁRIOS