O ano nem acabou e o Flash já apresenta novas falhas de segurança, mas recebe atualização


O ano de 2015 já está chegando ao fim e para fechar com chave de ouro, a Adobe revelou que o seu plugin Flash possui diversos bugs (19, ao todo) e quase todos eram críticos, podendo resultar na debilitação completa de algumas máquinas. Uma das falhas, a CVE-2015-8651, afetava todas as plataformas com o plugin e permitia a um invasor rodar um código que garantia o controle remoto de um dispositivo.

Com tudo, os erros já foram corrigidos com uma atualização emergencial de segurança. Além disso, a empresa afirmou que somente ataques limitados e direcionados foram detectados, mas isso não diminui a gravidade do problema — ou a necessidade de você se prevenir contra eles.

Se você usa o Flash no Linux, Windows e OS X, a recomendação é de que você busque a atualização mais recente do seu sistema ou aceite as notificações de download automáticas da Adobe. Clique aqui para conferir se você está usando a versão correta no seu computador. Ao que pudemos perceber, quem estiver utilizando o navegador Chrome, aparentemente, não precisa se preocupar com o update, tudo indica que a atualização do plugin é automática no navegador da Google.

O fim gradual do plugin Flash

É por essas e outras que não é novidade para mais ninguém saber que diversas plataformas estão substituindo o Flash por outras alternativas. Recentemente, o Facebook substituiu definitivamente o produto da Adobe pelo HTML5 em seu reprodutor de vídeos.

A rede social afirmou em seu blog que o HTML5 garante velocidade de desenvolvimento, melhor uso da infraestrutura de testes e acessibilidade.


FONTE: TecMundo | Facebook/Daniel Baulig

COMENTÁRIOS