Atualização para Team Fortress 2 promete melhorias no desempenho para Linux


A Valve liberou na última quinta-feira (17) mais uma nova grande atualização para Team Fortress 2 que traz várias melhorias interessantes, algumas em especial para a plataforma Linux que promete um ganho de desempenho, aparentemente, bem significativo, seja durante a jogatina ou, até mesmo, no carregamento de mapas.

Na plataforma Linux, o título agora possui streaming de texturas ativado por padrão, há uma redução no consumo da memória RAM em cerca de 500MB e os mapas agora carregam muito mais rápidos. Essas mudanças também afetam a versão do jogo para Mac enquanto os jogadores do Windows com Direct3D 9 já receberam essas melhorias há algum tempo.

Esta nova atualização também traz vários conteúdos para o jogo, alterações relacionadas com o Natal, diversas correções e outras atualizações relacionadas também com o desempenho do título.

Desempenho de TF2 no driver proprietário da AMD ainda é ruim

Apesar dessas melhorias trazidas com a nova atualização de Team Fortress 2, o jogo ainda possui um desempenho ruim em GPUs AMD. Com tudo, esse problema está relacionado com o driver proprietário, fazendo com que a empresa perca feio na plataforma Linux, principalmente para a rival NVIDIA.

Para chegar a essa conclusão, o site Phoronix resolveu fazer um pequeno teste para sabermos como fica o desempenho do jogo antes e depois desta atualização em hardware AMD com o driver Catalyst 15.9 em uma Radeon R9 285 nas resoluções 1080p e 4K no Ubuntu 15.10 (Wily Werewolf).

Como podemos ver nas imagens abaixo com os resultados dos testes, em ambos os casos, a GPU R9 285 com o driver proprietário da AMD, Team Fortress 2 coma a nova atualização sofreu uma redução em seu desempenho:



Esse resultados já não é nem uma novidade, principalmente quando se trata da AMD. Com tudo, quem sabe no em um futuro próximo não veremos melhorias significativas em relação aos produtos da fabricante.

Para conferir mais detalhes da nova atualização de Team Fortress 2, acesse este link. Os testes realizados pelo Phoronix podem ser conferidos clicando aqui.


FONTE: SteamPhoronix[1] | [2]


COMENTÁRIOS