Debian agora é suportado na plataforma de computação em nuvem Microsoft Azure


Nesta quarta-feira (02) a Microsoft, através de Stephen Zarkos, gerente sênior de programa e membro da equipe Azure, teve o grande prazer de anunciar a disponibilidade do sistema operacional open source Debian em sua plataforma de computação em nuvem Azure.

Depois de oferecer suporte para o Ubuntu, a Microsoft agora decidiu que é hora de implementar mais distribuições Linux, e por que não começar com o Debian, que é o sistema operacional de base para o próprio SO da Canonical.

"A Microsoft está muito animada para trazer o Debian, uma das principais distribuições Linux, para a nossa família de aprovadas e suportadas soluções open source no Microsoft Azure", disse Michael Kelley, principal gerente de programa do Open Source Technology Center da Microsoft. "Com este anúncio, continuamos a construir laços fortes com o ecossistema de código aberto, incluindo as comunidades e parceiros, tais como credativ", completou.

Debian 7 e Debian 8 agora são suportados

Atualmente, o Microsoft Azure também suporta os sistemas operacionais Debian 7 (Wheezy) e Debian 8 (Jessie), permitindo que os clientes possam também ter máquinas virtuais baseadas no Debian através do Azure Marketplace.


A Microsoft já fornecia aos seus clientes o suporte ao Debian em Hyper-V 2012 R2, mas agora a empresa está empenhada em suportar o sistema operacional em todas as suas plataformas de nuvem, incluindo, mas não limitando a PowerShell Desired State Configuration (DSC), Azure Site Recovery, Microsoft Operations Management Suite, bem como a suite System Center.


FONTE: Softpedia | Microsoft

COMENTÁRIOS