Google vai substituir APIs proprietárias do Java no Android pelo OpenJDK


A Google está se preparando para fazer algumas mudanças importantes na próxima versão do seu sistema operacional móvel, até agora conhecida apenas como Android N. A empresa vai substituir as interfaces de programação de aplicativos (APIs) proprietárias de Java pelo OpenJDK, a versão open source (de código aberto) do kit de desenvolvimento em Java da própria Oracle.

A medida foi definida durante uma conferência de programação secreta realizada pela Google em novembro de 2015. A própria empresa confirmou a alteração ao site Venture Beat.

A Google está atualmente em uma disputa com a Oracle, os desenvolvedores do Java. A Oracle diz que o Android infringe patentes do Java. Como esperado, o Google não concorda. Em qualquer caso, parece que o Google está tentando evitar problemas futuros, integrando OpenJDK em seu sistema.

Como era de se esperar, já surgiram algumas especulações na internet mundo a fora sobre o assunto, como o Hacker News que sugere que há mais um motivo nessa história: A adoção do OpenJDK seria um acordo por fora entre as empresas ou uma manobra da Google para não sair perdendo mesmo que a decisão judicial não seja em seu favor.

Porém, apesar da coincidência, a mudança para o OpenJDK pode ter nada a ver com a disputa da Google, mas sim para manter o espírito de código aberto do Android como plataforma, permitindo contribuições da comunidade na biblioteca de APIs e na implementação de códigos, podendo até simplificar os códigos de construção de apps.

Com tudo, a boa notícia é que a Google pode trabalhar no OpenJDK, o que provavelmente tornará esta uma solução muito melhor do que o Java. Diversas distribuições Linux já tem adotado o OpenJDK, podendo tornar as coisas mais fáceis.


FONTE: Softpedia | TecMundoVenture Beat

COMENTÁRIOS