Microsoft e Linux Foundation fazem parceria para beneficiar profissionais em TI


Após a Microsoft anunciar na última quarta-feira (09) a criação do Microsoft Certified Solutions Associate (MCSA), um programa destinado a profissionais de TI que possui o objetivo de gerar certificações para uso do Linux integrado junto da suíte de serviços em nuvem Azure, a Linux Foundation decidiu expressar seu sentimentos sobre a parceria com a empresa fundada por Bill Gates.

De acordo com Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation, a parceria com a Microsoft já provou ser um sucesso, especialmente agora que a Microsoft começou a abrir o código de vários softwares proprietários como, por exemplo, o .NET Framework, a engine Chakra JavaScript no Internet Explorer e Visual Studio Code.

"A Linux Foundation e Microsoft também compartilham um compromisso com os administradores de sistemas que estão executando um mundo mais critico, sistemas complexos de TI. Administradores de sistemas exige o conhecimento de Windows e Linux. Profissionais e seus empregadores que investem em treinamento e certificação que demonstra esse conhecimento híbrido serão beneficiados", diz Jim Zemlin.

Ainda, de acordo com Jim Zemlin, “Profissionais que podem executar ambos os sistemas, o Linux e o Windows, bem como entender os ambientes híbridos e o desenvolvimento por trás dos softwares se destacam em sua área de atuação, recebem melhores pagamentos e podem ascender profissionalmente”.

De acordo com a Microsoft, a versão de testes do Azure tem sido baixada por cada vez mais entusiastas. Mas, poucos usuários têm assinado a edição premium do pacote. O MCSA, desta forma, funciona como um treinamento aos profissionais de TI no uso da suíte e quer, ainda, capacitar profissionais para o entendimento dos dois SOs. Mais informações sobre o Azure pode ser encontras neste link.


FONTE: TecMundo | SoftpediaLinux Foundation

COMENTÁRIOS