Birdie, cliente não oficial do Twitter, agora terá seu desenvolvimento focado no elementary OS


Os desenvolvedores do Birdie, um cliente não oficial do Twitter, anunciaram neste sábado (23) que continuarão trabalhando na aplicação, porém, o desenvolvimento passará a ser focado apenas no elementary OS. Com isso, a equipe responsável pela aplicação espera oferecer uma melhor experiência para os usuários da distribuição Linux.

Além disso, apesar do elementary OS ser baseado no Ubuntu, aparentemente, o Birdie pode não funcionar muito bem mesmo em distribuições Linux que também são baseadas no sistema operacional da Canonical. De acordo com os desenvolvedores, não serão mais suportadas múltiplas distros e nem mesmo ambientes gráficos.

"Nós estamos dedicados a fazer o melhor cliente de Twitter absoluto possível, e fazendo isso significa escolher uma plataforma de destino específico e concepção de toda a experiência do usuário do início ao fim. Para ser franco, Birdie não é mais um app de Twitter para GNU/Linux; em vez disso, ele vai ser o melhor app para Twitter do elementary OS", diz Nathan Dyer, desenvolvedor e líder do projeto.

Os desenvolvedores do Birdie já estão trabalhando na próxima versão da aplicação, a 2.0, e provavelmente será padrão no elementary OS. Sem falar que o aplicativo terá alguns recursos que só estarão presentes na distribuição. Isso significa que se alguém instalar o app em outra distro, algumas funcionalidades podem, infelizmente, não funcionar como esperado.


FONTE: SoftpediaBirdie

COMENTÁRIOS