A Canonical agora está fornecendo imagens certificadas do Ubuntu para o Oracle Cloud


Graças a uma parceria com a Oracle, a Canonical já está fornecendo imagens certificadas do Ubuntu para os usuários do Oracle Cloud. Isto significa que o SO já está disponíveis no Oracle Cloud Marketplace, proporcionando aos clientes corporativos da Oracle uma nova opção para os seus workload. Como estamos falando da Oracle, é fácil ver o por que a Canonical tem conseguido fazer uma boa parceria.

O sistema operacional da empresa de Mark Shuttleworth já é considerado um líder em uma série de implantações de nuvem, um exemplo disso é que até a própria Microsoft está prestes a revelar o primeiro Technical Preview do Azure Stack com o Ubuntu.

Ubuntu está na nuvem

Quando você ouve as pessoas dizendo que o Ubuntu está dominando a nuvem, elas não estão erradas. De acordo com dados da Canonical, 70% dos workload de nuvens pública e 55% das clouds OpenStack estão sendo executadas no Ubuntu. Além disso, uma série de empresas escolheram a Canonical e o Ubuntu para o seu negócio, uma delas que merece destaque é a AT&T.

"A importância das imagens certificadas do Ubuntu está crescendo conforme as empresas procuram maneiras de simplificar o desenvolvimento de nuvens e impulsionam flexibilidade no gerenciamento de cargas de trabalho de produção, mantendo o mais alto nível de segurança e estabilidade", diz a Canonical no anúncio oficial.

O Ubuntu no Oracle Cloud faz muito sentido, especialmente quando a Canonical já é um membro do nível Gold da Oracle PartnerNetwork (OPN). Além disso, uma vez que alguns dos sistemas operacionais Ubuntu usados ​​na nuvem são na verdade versões LTS, os clientes da Oracle terão suporte por cinco anos para as versões particulares; para não mencionar o fato de que a Canonical está prestes a lançar um novo Ubuntu LTS em dois meses que vai ser suportado até 2020.

Mais detalhes você confere no anúncio oficial feito pela Canonical, através deste link.


FONTE: Softpedia | Ubuntu

COMENTÁRIOS