Navegador Opera recebe atualização com correção para Netflix e renderização no Linux


Os desenvolvedores do Opera lançaram a primeira atualização de 2016 com correções para a versão estável do navegador. O update não é tão grande quanto o esperado, porém, traz melhorias importantes, principalmente para a plataforma Linux, nomeando o browser para a versão 34.0.2036.47.

É verdade que algumas dessas correções deve ser muito interessante para os usuários Linux, especialmente, desde que corrige uma falha com a renderização do browser na plataforma e um problema em relação com vídeos do Netflix. Se há algo que merece um reparo urgente, é qualquer bug que afeta a experiência Netflix.

Primeira atualização de 2016 para a versão estável do Opera

Soa um pouco mais importante do que realmente é, mas o lançamento de uma nova atualização estável, mesmo que pequena, significa que os desenvolvedores estão de volta ao trabalho e que devemos ver o navegador receber em breve mais atualizações com correções e, porque não, novos recursos.

De acordo com as notas de lançamento, o “Mute tab” não está mais presente no menu de contexto, o ícone Turbo foi alterado para que ele não seja mais semelhante ao emblema histórico, o renderizador não trava mais na plataforma Linux ao tentar reproduzir arquivos decodificados em h264, alguns problemas com a língua montenegrina foram corrigidos e a relação de aspecto errado em vídeos do Netflix foi corrigido.

Estas são algumas das mudanças mais importantes implementadas na última versão do Opera estável. É importante notar também que a base Chromium foi atualizada para a versão 47.0.2526.106. É possível fazer download do browser através do site oficial, clicando aqui.


FONTE: Softpedia | Opera


COMENTÁRIOS