Atualização para o port de Arma 3 para Linux já está em testes, possível suporte a BattlEye


Usuários Linux que possuem Arma 3 em suas bibliotecas já podem comemorar. O título deve ganhar muito em breve uma nova atualização, a 1.54, que deve trazer correções e melhorias. E não para por ai, a Bohemia Interactive Studio, desenvolvedora do jogo, também está planejando procurar maneiras de implementar o suporte para o BattlEye (ferramenta anti-cheat) no port do game.

"Nossos parceiros na Virtual Programming têm trabalhado duro para atualizar os ports betas do cliente para 1,54. Estamos testando essas atualizações internamente no momento. Existem algumas questões que precisam ser resolvidas antes que possamos liberá-los para você também. Enquanto isso, nós estamos discutindo com VP [Virtual Programming] e BattlEye se não seria possível suportar o serviço anti-cheat nas plataformas dos ports no futuro. Vamos mantê-lo atualizado!", diz a Bohemia Interactive Studio.

Para quem ainda não está muito familiarizado, o jogo possui uma versão para Linux disponível no Steam, mas por ainda estar em fase beta, não é possível ver o símbolo do SteamOS, que há algum tempo atrás substituiu o logo Tux, como também o game não é encontrado na lista do filtro "SteamOS + Linux".

Essa não deixa de ser uma boa notícia, já que o estúdio responsável pelo título, inicialmente, tinha dúvidas se realmente manteria o port de Arma 3 para Linux por muito tempo. O desempenho do port do jogo na plataforma Linux já é impressionante, com essa atualização as coisas podem melhorar ainda mais.

Se você está interessando e quer adquirir o jogo, recomendamos que você espere até que essa atualização esteja disponível, além de pensar cuidadosamente se o suporte ao BattlEye será realmente implementado, para que você não fique limitado apenas em servidores que não usam BattlEye.

Atualmente, Arma 3 está sendo vendido no Steam por R$ 135,99.


FONTE: GamingOnLinuxArma 3

COMENTÁRIOS