Ubuntu 15.04 (Vivid Vervet) deixará de receber suporte da Canonical em fevereiro


O Ubuntu 15.04 (Vivid Vervet) deixará de receber suporte a partir do dia 4 de fevereiro. Pelo menos é o que afirma Adam Conrad, da Canonical, em um email enviado hoje (14) ao site Softpedia. Anunciado no ano passado, mais precisamente no dia 23 de abril de 2015, o Ubuntu 15.04 foi chamado por Mark Shuttleworth, fundador da companhia responsável pelo SO, de "Vivid Vervet" e foi considerado um lançamento modesto.

Entre os novos recursos, o Ubuntu 15.04 trouxe aos usuários o Linux Kernel 3.19, a interface gráfica Unity 7.3 com algumas melhorias, o sistema de inicialização Systemd ao invés do Upstart, criado pela própria Canonical, o Compiz 0.9.12, assim como as últimas versões do Firefox e do LibreOffice.

Como o fim do suporte ao Ubuntu 15.04 está próximo, a recomendação agora é que os usuários que insistem em utilizar esta versão do sistema operacional, atualizem para o Ubuntu 15.10, caso queiram a última versão disponível e estável do SO, ou façam uma instalação limpa do Ubuntu 14.04.3 LTS, por exemplo.

"O Ubuntu anunciou sua versão 15.04 (Vivid Vervet) a quase 9 meses atrás, em 23 de abril de 2015. Como não é uma versão LTS, 15.04 tem um ciclo de suporte de 9 meses e, como tal, o período de suporte agora está chegando ao fim e o Ubuntu 15.04 vai chegar ao fim da vida na quinta-feira, 4 de fevereiro", diz Adam Conrad em seu email.

Em 21 de abril de 2016, o Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) se tornará o lançamento de número 23 do sistema operacional da Canonical, tendo suporte com atualizações de software e de patches de segurança até abril de 2021.

Agora, como o novo Ubuntu 16.04 LTS já está a caminho, assim que saírem mais novidades, manteremos você informado.


FONTE: Softpedia


COMENTÁRIOS