AMDGPU vs Catalyst: confira testes de benchmarks com o novo driver open source da AMD


Com a Canonical pondo fim no suporte do atual driver de vídeo proprietário Catalyst, também conhecido como fglrx, no próximo Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus), os donos de GPUs da AMD que desejam partir para a nova versão do sistema operacional da empresa terão a disposição apenas os drivers open source AMDGPU e Radeon, caso contrário o jeito é continuar no Ubuntu 14.04.4 LTS, que possui suporte para o Catalyst.

No entanto, de acordo com o site Phoronix, em alguns casos, o driver AMDGPU pode oferecer mais desempenho no Ubuntu 16.04 LTS que o atual AMD Catalyst no Ubuntu 14.04.4 LTS. Sem falar que a Canonical trouxe para o Ubuntu 16.04 LTS, que contará com o Linux Kernel 4.4 LTS, as principais melhorias para os drivers Radeon e AMDGPU que foram implementadas no recém lançado Linux Kernel 4.5. Outra característica que também deve ajudar na performance é que a versão final do novo sistema operacional trará a biblioteca de gráficos 3D Mesa 11.2.

AMDGPU vs Catalyst

O Phoronix realizou uma série de benchmarks que, entre os diversos testes, estão presentes os jogos BioShock Infinite, DiRT Showdown e Team Fortress 2. Já, os modelos de GPUs da AMD utilizados para os benchmarks, estão: Radeon R9 270X, R9 285, R9 290, R7 370 e R9 Fury.

Máquina utilizada nos testes:
- Processador Intel Xeon E3-1280 v5 @ 4.00GHz (8 Núcleos)
- Placa-mãe MSI C236A WORKSTATION (MS-7998) v1.0
- Memória RAM 16GB (modelo não especificado)
- SSD 120GB Samsung 850

O primeiro é BioShock Infinite que, devido às suas exigências OpenGL, é um jogo que não pode ser executado com os drivers open source presentes no Ubuntu 14.04.4 LTS. Felizmente, com a mais recente versão do Mesa, existem as extensões necessárias para que haja suporte nos driver open source no Ubuntu 16.04 LTS. Curiosamente, o AMDGPU é mais rápido que o Catalyst:



Enquanto BioShock Infinite foi mais rápido com o mais recente driver open source AMDGPU que o proprietário Catalyst, o resultado não foi o mesmo para DiRT Showdown. No entanto, apesar do título ter um desempenho um pouco melhor com o Catalyst no Ubuntu 14.04.4 LTS, o AMDGPU ainda possui uma performance decente, proporcionando algo muito semelhante entre as placas de vídeo:


Os resultados do teste com Team Fortress 2 mostram que o driver open source que lida com GPUs da AMD no Ubuntu 16.04 LTS evoluiu muito desde o lançamento do Ubuntu 14.04 LTS. Mas, infelizmente, o atual driver proprietário Catalyst ainda é notavelmente mais rápido que o de código aberto AMDGPU:


Conclusão

Se você possui uma GPU da AMD e curte uma jogatina, a melhor opção para você, provavelmente, é o Ubuntu 14.04.4 LTS ou Ubuntu 15.10 com o driver proprietário Catalyst, isso até que a AMD disponibilize oficialmente o seu novo driver proprietário, que deverá rodar sobre o AMDGPU, que já vem integrado ao Linux Kernel.

Além de um desempenho que ainda deixa a desejar em alguns dos jogos mais aclamados, o driver open source AMDGPU ainda necessita de melhorias em algumas árias como, por exemplo, OpenCL, CrossFire, OverDrive para overclocking, suporte para versões superiores ao OpenGL 4.1 e 4.2, que é necessário para rodar a maioria dos jogos AAA para Linux disponíveis no Steam, entre outros recursos avançados que você pode obter até mesmo instalando o Catalyst em uma versão antiga de alguma distribuição Linux.

Mas, se jogos AAA não é prioridade para você, mesmo que você curta games mais casuais e indie, não precisa se preocupar, pois ambos os drivers open source Radeon e AMDGPU podem atender às suas necessidades.

Os benchmarks apresentados aqui são apenas alguns dos testes realizados pelo site Phoronix. Para conferir todos os benchmarks, acesse este link.


FONTE: Phoronix
IMAGENS: Phoronix

COMENTÁRIOS