CodeWeavers anuncia o CrossOver 15.1.0 com base no Wine 1.8.1


A CodeWeavers lançou nesta quinta-feira (31) mais uma nova versão do CrossOver, a 15.1.0, que chega trazendo uma quantidade significativa de melhorias para aplicações e jogos desenvolvidos inicialmente para ambientes Windows, incluindo, mas não limitado a Heroes of the Storm e World of Warcraft, bem como o Microsoft Office, especialmente o editor de planilhas Excel.

"Tenho o prazer de anunciar que a CodeWeavers lançou o CrossOver 15.1.0 para Mac OS X e Linux. CrossOver 15.1.0 possui melhorias para os usuários OS X e Linux", diz Josh DuBois, no anúncio oficial. "CrossOver 15.1.0 inclui uma nova versão do Wine com base no Wine 1.8.1. O Wine 1.8.1 é o mais recente e maior lançamento do Wine: uma versão do Wine estável que incorpora correções para os bugs encontrados no Wine 1.8.0."

Além das mudanças mencionadas acima, CrossOver 15.1.0 também melhora a suíte de escritório Microsoft Office para os usuários japoneses, especialmente aqueles que executam o software em sistemas operacionais Mac OS X. Além disso, parece que o novo lançamento do CrossOver vem com melhorias de segurança para atualizações Sparkle.

Os usuários que fazem uso do CrossOver para rodar World of Warcraft, tanto no Linux quanto no Mac, devem saber que o bug que os impedia de fazer o login no jogo foi corrigido. Vários problemas gráficos relatados por jogadores com o game Alekhine's Gun em gráficos integrados da Intel também foram corrigidos nesta nova versão do software.

Por último, mas não menos importante, o Steam deve funcionar muito melhor agora no CrossOver. Vale ressaltar que o software é pago, porém você pode experimentar gratuitamente por cerca de 14 dias. Para os usuários que não querem desembolsar nem uma quantia para ter em mãos uma aplicação desse tipo, uma excelente alternativa é o PlayOnLinux, ou porque não o Q4Wine.

Para mais detalhes sobre todas as novidades implementadas no CrossOver 15.1.0, confira as notas de lançamento oficiais, clicando aqui.


FONTE: SoftpediaCodeWeavers [1]  [2]


COMENTÁRIOS