GPU-PRO: AMD lança primeira versão beta do seu driver de vídeo com suporte à API Vulkan


A AMD lançou recentemente a primeira versão beta do seu driver de vídeo proprietário para a plataforma Linux com foco especial no suporte à API Vulkan. Contudo, o AMD Radeon GPU-PRO também lida com as APIs OpenCL e OpenGL e deve rodar sobre o driver open source da empresa, o AMDGPU, que já está presente no instalador. Inicialmente, apenas há supute para GPUs GCN 1.2, como hardware Tonga e Fiji.

Isso significa que, ao menos por enquanto, o novo driver está dirigido especificamente apena a série de GPUs AMD R9, tais como AMD Radeon R9 380X, AMD Radeon R9 380, AMD Radeon R9 285, AMD Radeon R9 M395X, AMD Radeon R9 Fury X, AMD Radeon R9 Fury e AMD Radeon R9 Nano.

Como esta é a primeira versão beta pública, o driver AMD Radeon GPU-PRO está oficialmente disponível apenas para o Ubuntu, que provavelmente é a distribuição Linux que os desenvolvedores da empresa utilizaram para testar o software. O pacote contém um script de instalação e pacotes Debian (.deb) para o sistema operacional Ubuntu 14.04.4 LTS (Trusty Tahr) de 64-bits.

"Este driver é concebido como suporte de nível beta para uso exclusivo com aplicações Vulkan e, como tal, algumas funcionalidades do driver foi removida. Isto é, incluindo, mas não limitado ao suporte para outras APIs gráficas, Configurações Radeon e outros recursos do driver da Radeon Software", diz as notas de lançamento.

Os destaques do AMD Radeon GPU-PRO Beta

Atualmente, a primeira versão beta do AMD Radeon GPU-PRO lida com as APIs Vulkan 1.0, VDPAU, OpenGL 4.5, GLX 1.4 e OpenCL 1.2, oferece recursos básicos de visualização e gerenciamento de energia, suporta as tecnologias ADF (Atomic Display Framework) e KMS (Kernel Mode Setting) e inclui um módulo do kernel compatível com a licença GPL.

Você pode baixar o AMD Radeon GPU-PRO Beta para o Ubuntu 14.04.4 LTS de 64-bits a partir do site oficial da AMD, clicando aqui. No entanto, lembre-se que esta ainda é uma versão beta, ou seja, erros são esperados. Também sugerimos que você dê uma olhada na longa lista de limitações e problemas conhecidos e só então instalar o driver.


FONTE: Softpdia | AMD

COMENTÁRIOS