Conheça algumas alternativas para a nova loja de aplicativos do Ubuntu 16.04 LTS


Com o recém lançado Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) estreia a nova loja de aplicativos, o GNOME Software, que chega no sistema operacional da Canonical com o nome de Ubuntu Software. A ideia é substituir a antiga "Central de programas do Ubuntu" (Ubuntu Software Center) por uma aplicação mais leve, moderna e bonita. No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito.

Entre os bugs da nova loja de aplicativos do Ubuntu que mais incomodam — ou pelo menos o mais perceptível — é a incapacidade de instalar novos programas .deb, o que é inaceitável, principalmente para um usuário iniciante, já que diversos programas tidos como essenciais não estão disponíveis no repositório padrão do sistema operacional, tendo que ser baixados a partir do site oficial do desenvolvedor. Para solucionar esse e outros problemas, separamos algumas alternativas para você.

A Central de programas do Ubuntu


Está é, sem sombra de dúvida, a primeira sugestão em mente. Apesar de não ser muito moderna e, em alguns casos, um tanto lenta, a Central de programas do Ubuntu ainda pode ser muito útil e completa, se comparada com o Ubuntu Software. Se você é um daqueles que está com saudade da aplicação, saiba que é possível instalá-la sem muitos problemas, bastando apenas pesquisar por Ubuntu Software Center na nova loja de plicativos.


Contudo, se você está contente com o Ubuntu Software, mas precisa apenas de uma aplicação para instalar novos programas .deb, o GDebi ou o Software Boutique, do famoso Ubuntu Mate, são uma boa pedida. Ambos podem ser instalados a partir da nova loja de aplicativos.

Para instalar um novo programa .deb com a sua aplicação preferida, clique com o botão direito do mouse em cima do pacote e, no menu de contexto, vá na opção Abrir com.

O infatigável Synaptic


Além de não poder instalar novos programas .deb, com o Ubuntu Software, os usuários também estão impossibilitados de adicionar ao sistema operacional bibliotecas e codecs multimídia, simplesmente porque a busca da nova loja de aplicativos do Ubuntu não exibe esses itens nos resultados. Outros softwares específicos também não são exibidos, como é o caso do KSnapshot, aplicação que utilizei para tirar prints dos programas para este artigo.


Nesses casos, uma boa alternativa ao Ubuntu Software, principalmente se você optar por aplicações leves como o GDebi, é o Synaptic, que também pode ser instalado a partir da nova loja de aplicativos. O programa é bastante conhecido por ser uma interface gráfica amigável para o apt-get, o gerenciador de pacotes do Ubuntu. Com ele, o usuário pode visualizar pacotes por tipo, estado, origem, resultados de busca e filtros, que podem ser criados e editados. Para cada tela de visualização, os pacotes podem ser ordenados por nome, versão, estado, entre outros dados.


O Synaptic também possui opções de busca por nome de pacote, descrição, versão, dependências, entre outros dados. A interface do programa ainda possibilita a visualização de informações e propriedades de cada pacote, suportando download da documentação completa através da internet.

Vale ressaltar que o Ubuntu Software ainda está dando os seus primeiros passos e, provavelmente, em breve a Canonical irá lançar uma atualização para corrigir alguns dos problemas que assombra a nova loja de aplicativos do Ubuntu. Mas, até lá, espero que essas dicas possam lhe ajudar em seu dia a dia. Qualquer dúvida, não deixe de comentar.

COMENTÁRIOS