Versão final do navegador Vivaldi 1.0 já está disponível para os usuários Linux e conta com diversos recursos


Depois de mais de um ano de desenvolvimento, foi lançada nesta quarta-feira (06) a versão final do navegador Vivaldi 1.0, vindo como uma alternativa para os navegadores Opera e Google Chrome para os usuários Linux. Assim como os seus concorrentes, Vivaldi é baseado no projeto open source Chromium, o que significa que herda a maioria de suas tecnologias, oferecendo o mesmo nível de qualidade e estabilidade, enquanto traz algumas características únicas para o desktop.

"Partimos em uma missão para fazer navegadores web poderosos novamente", diz Jon von Tetzchner, CEO do Vivaldi. "Portanto, Vivaldi 1.0 é ao mesmo tempo um regresso e um olhar à frente. É um "clássico moderno" projetado para ajudar nossos usuários a tirar o máximo proveito de todo o tempo que passam com o seu browser."

As novidades do Vivaldi 1.0

Entre as novidades presentes na versão final do Vivaldi 1.0, podemos citar o suporte para agrupar guias, caso você esteja acostumado a navegar na internet com várias abas abertas, a possibilidade de salvar guias selecionadas em uma sessão de navegação anterior, ferramenta de notas que permite aos usuários marcar todas as coisas que acharem importantes para os seus projetos, juntamente com a capacidade de tirar screenshots das páginas que visitam e comandos rápidos para acessar a maioria dos componentes do browser, incluindo marcadores, configurações, histórico e guias ainda abertas.

Tela de boas-vindas e da primeira configuração do Vivaldi.

Além disso, Vivaldi traz recursos integrados de atalhos de teclado e gestos do mouse, tornando a navegação na web mais produtiva, segundo os desenvolvedores. Claro, um Speed Dial não poderia ter sido perdido em um navegador moderno, assim você pode acessar rapidamente seus sites favoritos. Pastas e grupos também são suportados no Speed Dial.

Tela Speed Dial do Vivaldi.

Outra coisa interessante sobre Vivaldi é que ele se adapta às suas necessidades, e não o contrário. É altamente personalizável, suporta extensões do Google Chrome, permite organizar seus favoritos da maneira que quiser e, até mesmo, ajuda a importar os dados do Opera e Chrome, e vem com suporte para visualização de sites salvos na barra lateral.

Para fazer download do Vivaldi e conhecer ainda mais o navegador, você pode acessar o site oficial do projeto através deste link.


FONTE: SoftpediaVivaldi

COMENTÁRIOS