Novo patch para o port de Tomb Raider traz correções e melhorias para o desempenho


Um mês após o lançamento de Tomb Raider (de 2013) na plataforma Linux, a Feral Interactive, estúdio por traz do port, lançou hoje, 26 de maio, um novo patch que promete corrigir vários dos problemas relatados por usuários desde a estreia do jogo no sistema do pinguim, como um bug que ocorria ao usar VPN.

Além disso, também foi corrigido alguns problemas envolvendo o menu do jogo, graças a implementação do suporte para a extensão GL_ARB_stencil_texturing do OpenGL 4.3, as travadas que aconteciam ocasionalmente durante a jogatina também foram corrigidas e há suporte para o GCC 5.3 para melhorar o uso da CPU, especialmente para usuários da AMD.

O patch Linux 1.1.1 também corrige problemas com o áudio do jogo que ocorria com o driver de som ALSA, assim como aqueles que ocorreram durante a jogatina com diferentes idiomas. Por último, mas não menos importante, existem diversas melhorias e correções de desempenho para a API OpenGL em suas versões 4.2 e 4.3, beneficiando donos de GPUs da AMD que fazem uso do driver open source (Mesa).

Se você possui o jogo, basta abrir o game para que o patch seja baixado e instalado por meio do Steam. Para mais detalhes, confira o anúncio oficial, clicando aqui.


FONTE: Softpedia | Steam

COMENTÁRIOS