NVIDIA anuncia nova extensão para a API Vulkan como alternativa ao ExecuteIndirect do DirectX 12


A NVIDIA revelou no início dessa semana uma nova extensão para a API Vulkan que chega como uma alternativa ao "ExecuteIndirect" do DirectX 12. Em seu comunicado, a empresa destaca que a novidade é muito similar a solução apresentada pela Microsoft, permitindo que a GPU possa gerar comandos de renderização por conta própria, porém, com a capacidade de mudar shaders (pipelines) direto na GPU.

"Isso significa que, pela primeira vez, uma API gráfica aberta fornece a funcionalidade de criar fluxos de buffer de comando compactos no dispositivo", diz o anúncio oficial. "Em resumo, o objetivo dessa extensão é principalmente reduzir a quantidade de trabalho real feito na GPU, e não descarregar a geração de comandos na GPU, em geral. [...] Funcionalidade semelhante foi posteriormente exposta no DirectX 12, com Execute Indirect, e agora está disponível na Vulkan."


Chamada de VK_NVX_device_generated_commands (DGC), a nova extensão apresentada pela empresa ainda está em fase experimental. Com isso, a companhia espera que desenvolvedores interessados possam ajudar a melhorar ainda mais a novidade enviando feedback e, no futuro, outras empresas, como Intel e AMD, também poderão se beneficiar da solução.

"A extensão é propositadamente rotulada como experimental (NVX, não NV), a fim de reunir feedback inicial de desenvolvedores e pesquisadores interessados no novo recurso. Esperamos, eventualmente, compartilhar de uma refinada extensão que também poderá ser apoiada por outros fornecedores", afirma a NVIDIA.

Mais detalhes sobre a nova extensão da NVIDIA você confere no anúncio oficial, clicando aqui.


FONTE: Phoronix | NVIDIA

COMENTÁRIOS