Lançado o Linux Kernel 4.9 trazendo melhorias para os usuários da AMD e muito mais


Foi lançado no último domingo (11) o Linux Kernel 4.9, que chega trazendo várias novidades e melhorias, o que deve proporcionar um melhor suporte para hardwares mais novos e antigos, graças a adição de diversas correções de bugs. É importante ressaltar desde o início que, se você está interessado em obter o novo kernel, provavelmente, o melhor a se fazer é adotar uma distribuição rolling release, como o Manjaro ou openSUSE Tumbleweed, onde você irá encontrar sempre as últimas versões dos softwares.

Mas agora vamos ao que interessa. A nova versão do kernel traz diversas novidades, como é o caso do suporte experimental do driver open source AMDGPU para GPUs Southern Islands (SI) (GCN 1.0), ou melhor, a série Radeon HD 7000. Contudo, é necessário que a novidade seja habilitada durante a compilação do kernel, sem falar que também é necessário ter instalado o X.Org Server 1.19.0 e o driver DDX (Direct Rendering Manager) xf86-video-amdgpu 1.2.0.

Há também várias melhorias interessantes para GPUs modernas da AMD, como suporte de exibição virtual, bem como para redefinição, sendo que ambos são implementadas no driver AMDGPU. Para os usuários dos gráficos integrados da Intel, há DMA-BUF e alguns processadores Intel Atom tem um aumento de desempenho P-State. Existem também melhorias Intel Skylake presentes no Linux Kernel 4.9.

Claro, há também as correções e melhorias para vários sistemas de arquivos e arquiteturas de hardware, incluindo Btrfs, XFS e F2FS, bem como UBIFS para OverlayFS, FUSE para POSIX ACLs, suporte para OverlayFS SELinux, bem como melhor apoio para Non-Volatile Dual In-line Memory Module (NVDIMM), MD RAID e suporte para várias plataformas ARM, incluindo Raspberry Pi Zero e a adição de algumas mudanças para KVM e Xen.

Por último, mas não menos importante, o Linux Kernel 4.9 também conta com Memory Protection Keys (MPK), para processadores Intel, a adição do Greybus, driver para o subsistema que mostra informações sobre dispositivos e a implementação do Intel Integrated Sensor Hub Support (ISH).

Para mais detalhes técnicos, não deixe de conferir o anúncio oficial, clicando aqui. Caso você manje do assunto, é possível encontrar o Linux Kernel 4.9 no site kernel.org.


FONTE: Phoronix | Softpedia

COMENTÁRIOS