System76 tem colaborado com a NVIDIA, ajudando a corrigir bugs no driver de vídeo para Linux


A System76 é uma empresa conhecida por fabricar e vender PCs, notebooks e servidores com o sistema operacional Ubuntu pré-instalado. Contudo, o que muitas pessoas não esperavam é que a companhia está trabalhando junto com os engenheiros da NVIDIA para corrigir alguns bugs relacionados com o Linux presentes no driver de vídeo proprietário da fabricante de GPUs. Uma iniciativa que deve ajudar tanto os clientes que adquirirem dispositivos da marca System76, como também toda a comunidade.

Um bom exemplo de que a iniciativa tem dado certo, é o recém-lançado driver NVIDIA 375.26, que inclui correções relacionadas com backlight em telas de notebooks e com a capacidade de detectar alterações da fonte de alimentação, onde o driver não reconhece quando o usuário desligou ou ligou o cabo de força, ou seja, se o dispositivos está apenas na bateria ou não.

Além disso, existe outra correção para um bug envolvendo a tela de notebooks, onde não é possível ajustar corretamente o brilho. Espera-se que esta e outras correções já estejam disponíveis em uma futura versão do driver.

Em entrevista ao site GamingOnLinux, Ryan Sipes, gerente da comunidade na System76, revelou que agora a fabricante de hardwares já pode entrar em contato diretamente com os engenheiros da NVIDIA, aqueles que estão relacionados com o driver de vídeo para Linux. "Alguns de seus engenheiros responderam a nós e começamos à dialogar. Eles foram muito atenciosos com os nossos relatórios de bugs e agora temos uma linha direta com os engenheiros", afirma Ryan Sipes.

"Antes de trabalhar com a NVIDIA, estávamos registrando e monitorando esses bugs, já que estavam afetando nossos clientes. Nós agora trabalhamos ao lado dos engenheiros da NVIDIA, fornecendo informações e fazendo testes. Dada a natureza proprietária do driver, não foi possível escrever o código. Mas sempre estamos mantendo contato, dando sempre suporte no possível. Nós até enviamos para os engenheiros o novo Bonobo WS (nosso laptop mais poderoso) para que eles testem também", explica Ryan Sipes.

O pessoal do GamingOnLinux tenta ir mais a fundo e questiona se a System76 pretende fazer o mesmo com o driver da AMD, algo que ajudaria e muito os adeptos ao lado "vermelho" da força, sem falar que os drivers para placas AMD, ambos Radeon e AMDGPU, são open source. No entanto, segundo Ryan Sipes, a System76 ainda não tem planos de ajudar a comunidade neste sentido ou de colocar algo no mercado que traga uma GPU "vermelhinha".

"Atualmente, não vendemos máquinas com a AMD. [...] Vamos continuar a avaliar a qualidade dos drivers AMD. É algo que estamos acompanhando", concluiu Ryan Sipes.

Há quem diga que é ótimo ver mais empresas trabalhando para melhorar a usabilidade e estabilidade dos drivers de vídeo para Linux, sejam eles open source ou não. E é o que a System76 pretende continuar fazendo, ajudando os engenheiros da NVIDIA a entregar um software cada vez melhor para a comunidade, bem como para os seus clientes.


FONTE: Phoronix | GamingOnLinux

Comentários