Linux Mint 18.2 deve contar com novo painel de Bluetooth e com X-Apps atualizados


O próximo Linux Mint 18.2 deve contar com novo painel de configurações de Bluetooth e com X-Apps atualizados, como o reprodutor de vídeos Xplayer e o editor de textos Xed. Quem garante as novidades é o próprio fundador e principal desenvolvedor do projeto, Clement Lefebvre, através de um dos seus tradicionais boletins semanais publicado recentemente no blog oficial do Linux Mint.

O novo painel para o Bluetooth vem com melhorias prontas para a transferência de arquivos OBEX e com novas configurações que permitem aos usuários do Linux Mint alterar o nome do sinal Bluetooth do computador e ativar ou desativar a transferência de arquivos de dispositivos remotos.


"Esse nome normalmente usa como padrão o seu hostname ou "mint-0", porém, muitas pessoas não sabem como alterá-lo através da linha de comando", explica Clement Lefebvre. "Além de sua bandeja do sistema, o Blueberry agora fornece um applet do Cinnamon que usa ícones simbólicos e se parece com outros applets de status, como power, som ou applets de rede. Quando este applet estiver presente, o ícone da bandeja estará oculto."

Aplicativos Xed e Xplayer recebem novos recursos

Quem também recebeu um pouco mais de atenção foram os X-Apps. Por exemplo, o editor de textos Xed agora permite que os usuários habilitem ou desabilitem o recurso de moldagem do Word mais facilmente, diretamente do menu de aplicativos, bem como a capacidade de selecionar linhas de texto e classificá-las usando a tecla F10 ou através da opção Classificar Linhas no menu Editar.


Além disso, é possível ampliar e reduzir o tamanho dos textos usando atalhos de teclado, o menu de aplicativos ou o scroll (ou a rodinha usada para rolamento da tela) do mouse, alternar entre várias abas abertas usando o scroll do mouse, expressões regulares agora são suportadas na função de pesquisa interna e os usuários têm a capacidade de escolher se querem usar um tema escuro ou claro. Outra boa notícia é que portar extensões Gedit 3.x para o Xed ficou mais fácil, já que extensões Python agora são suportadas.

Por outro lado, o reprodutor de vídeos Xplayer recebeu uma atualização para sua interface gráfica que coloca os controles e a barra de busca na mesma linha e remove a barra de status para um design mais compacto. Além disso, agora o Xplayer permite que os usuários controlem a velocidade da reprodução com os mesmos atalhos de teclado do popular MPV. Outra novidade é que o Xplayer agora carregará automaticamente as legendas, que são desativadas por padrão (os usuários podem habilitá-las com a tecla S) e permite percorrer várias faixas de áudio usando a tecla L.


Da mesma forma que acontece com o Xed, os usuários do Linux Mint também poderam escolher um tema claro ou escuro para o Xplayer, que vem com um OSD (on-screen display) melhorado que pode agora exibir a faixa de áudio ou de legendas, bem como a velocidade de reprodução selecionada e a posição atual no vídeo.

Por último, mas não menos importante, Clement Lefebvre promete publicar as imagens ISO atualizadas do sistema operacional Linux Mint Debian Edition (LMDE) 2 "Betsy" nos próximos dias, então fique ligado para mais novidades.


FONTE: Softpedia | Linux Mint Blog

Comentários