Se você possui placa NVIDIA e quer alto desempenho, esqueça o Nouveau


Não é mais segredo para ninguém que para obter um alto desempenho na plataforma Linux é necessário ter um bom hardware. No entanto, isso não é tudo. Se você não possui instalado os softwares certos, certamente terá dores de cabeça, principalmente durante as suas jogatinas ou quando se há a necessidade de usar programas que exigem muito da máquina, como é o caso de aplicações populares utilizadas durante a criação de conteúdo.

E um bom exemplo de "escolha errada" neste caso em específico, ao menos por enquanto, é o driver open source Nouveau, que lida com GPUs da NVIDIA e está presente por padrão em praticamente todas as distribuições Linux modernas. O driver pode ser ótimo para aqueles que usam o computador apenas para navegar na web e fazer atividades básicas durante o dia a dia. Quando o assunto é alto desempenho, infelizmente, o Nouveau acaba pecando neste cenário, o que faz com que os usuários tenham que recorrer ao driver proprietário da NVIDIA.

Esta história poderia ser diferente, no entanto, caso a NVIDIA colaborasse mais com os desenvolvedores por traz do Nouveau. Para você ter uma ideia, já faz alguns anos que a equipe do driver open source está esperando a NVIDIA disponibilizar "firmware blobs" de suas GPUs com microarquitetura Maxwell, ou seja, a famosa família GeForce GTX 900, para que o driver possa oferecer um desempenho um pouco decente nessas placas. Atualmente já está disponível no mercado GPUs com a nova arquitetura Pascal e nada de alguma resposta positiva por parte da empresa.



O futuro do Nouveau

Com a chegada do Linux Kernel 4.10, juntamente com a biblioteca de gráficos 3D Mesa 17.0 e versões mais recentes, o Nouveau poderá oferecer melhorias no desempenho em alguns jogos específicos, principalmente os da Valve, mas isso só se aplica até as placas dá série GeForce GTX 780 Ti. Ou seja, Nouveau ainda não será o suficiente para aqueles que querem um alto desempenho com a sua GeForce GTX 980, por exemplo.

Para você ter uma ideia do que estamos falando, abaixo você confere prints com o resultado de alguns testes de desempenho com o Nouveau em uma placa GeForce GTX 780, juntamente com o Linux Kernel 4.10 RC8 e Mesa 17 RC3 no Xubuntu. Os jogos utilizados foram o Middle-earth: Shadow of Mordor (gráficos Médio) e Grid Autosport (gráficos Ultra e 2x MSAA), ambos com a resolução 1080p (clique nas imagens para ampliar):



Os testes apresentados acima foram feitos pelo Renato dos canais especializados em Linux Fast OS e Oficina do Tux. "Me baseio nesses jogos porque se rodar eles, roda qualquer um", afirma Renato no que se refere ao hardware e software.

Já com o Linux Kernel 4.11, embora o Nouveau não traga grandes novidades para o usuário final, curiosamente, está previsto a implementação de um recurso para o Secure Boot feito pela própria NVIDIA e a adição da nova biblioteca Falcon, onde ambos devem ajudar a trazer suporte para novos hardwares. Contudo, infelizmente, isso ainda não é o suficiente para aqueles que querem ir mais além com o seu hardware NVIDIA.

E você, qual a sua experiência com o Nouveau, desde um simples navegar na web, bem como tarefas simples do dia a dia, até durante as jogatinas ou na criação de conteúdo? Compartilhe com a galera do bem seus pensamentos sobre o assunto através do campo de comentários.


Referências: Phoronix [1] | [2] | [3]


Comentários