Linux Mint agora está adotando o LightDM como seu gerenciador de login padrão


Em seu mais novo boletim semanal, Clement Lefebvre, líder do projeto Linux Mint, revelou que está abandonado o Mint Display Manager (MDM) em favor do LightDM no próximo Linux Mint 18.2, que ainda possui data de lançamento desconhecida. O pessoal por traz do popular sistema operacional baseado no Ubuntu, da Canonical, já vinham discutindo desde o início do ano a possibilidade de habilitar a sessão convidado, além de observar que este é um recurso fundamental que o MDM não tem, algo que se tornou padrão na maioria das distribuições Linux.

O LightDM em si é um backend leve e extensível com uma base de código limpa e enxuta e em conformidade completa com padrões para diferentes métodos de login e autenticação. É o gerenciador de exibição padrão usado no Ubuntu, que por sua vez usa o Unity Greeter como tema padrão. Mas os desenvolvedores do Linux Mint optaram em não usar o Unity Greeter como seu front-end para o LightDM.


De acordo com Clement Lefebvre, será usado um fork do Unity Greeter que, embora seja muito similar, será totalmente independente do projeto original e deverá se chamar Slick-Greeter. Entre os recursos oferecidos, podemos citar o suporte para praticamente qualquer distribuição Linux, todos os applets do painel são incorporados, suporte para HiDPI e as sessões são validadas, ou seja, se uma sessão padrão ou escolhida não estiver presente no sistema, o Slick-Greeter verifica as sessões conhecidas em /usr/share/xsessions e substitui a escolha de sessão inválida por uma sessão válida.

Além disso, há suporte para captura de tela pressionando a tecla Print Screen e o Slick-Greeter pode ser configurado através da ferramenta de configurações lightdm-settings, também criada pelo projeto Linux Mint.


FONTE: OMG! Ubuntu! | Linux Mint Blog

COMENTÁRIOS