AMDGPU-PRO vs Mesa: confira alguns testes de desempenho com uma GPU AMD Polaris


Agora que o Linux Kernel 4.12 está oficialmente disponível em versões RC (Release Candidate) e que o Mesa 17.2, que possui lançamento marcado para o mês de agosto, está recebendo várias melhorias que devem beneficiar também placas de vídeo da AMD, fica a curiosidade em saber como anda o desempenho principalmente de jogos AAA em GPUs "vermelhinhas", como as que possuem a arquitetura Polaris.

Pensando nisso, o site Phoronix fez alguns testes de benchmarks comparando o driver de vídeo AMDGPU-PRO 17.10 com o driver open source presente no Mesa 17.2-dev (do PPA Padoka, que foi compilado com o LLVM 5.0), juntamente com o Linux Kernel 4.12 no Ubuntu 16.04.2 LTS. A placa de vídeo utilizada em todos os testes foi a Sapphire Radeon RX 470 com 4 GB de VRAM.


As outras configurações incluem um processador Intel Xeon E3-1280 v5 com uma MSI C236A WORKSTATION, 16 GB de memória RAM DDR4 e um SSD de 256 GB Toshiba RD400 NVMe. Então, sem mais delongas, confira abaixo alguns dos resultados dos testes de benchmarks:







Com BioShock Infinite e Counter-Strike: Global Offensive, o desempenho dos dois drivers são muito parecidos, o que nos leva a crer que ouve um empate técnico nos testes com ambos os games, embora o FPS mínimo de BioShock Infinite, executado em 1080p, seja muito melhor com o Mesa 17.2-dev, chegando a 21 FPS contra 2 FPS do driver proprietário da AMD.





O driver open source consegue oferecer claramente um melhor desempenho do que o AMDGPU-PRO com o jogo Deus Ex: Mankind Divided. No entanto, como depomos ver no segundo gráfico, ainda são necessárias mais otimizações para este game em particular.











Como podemos ver nos resultados acima, o Linux Kernel 4.12 e Mesa 17.2-dev também são muito melhores que o driver proprietário AMDGPU-PRO 17.10 com os jogos DiRT Rally, Mad Max, Metro Last Light Redux e Tomb Raider, oferecendo um desempenho significantemente maior.

No geral, parece que a cada semana a pilha de drivers open source AMDGPU+RadeonSI (e RADV) continua melhorando. Com estes últimos resultados do Linux Kernel 4.12 e do Mesa 17.2-dev na Radeon RX 470, a pilha de drivers open source ganhou em 16 dos benchmarks e perdeu para o AMDGPU-PRO em apenas 7 dos testes realizados pelo Phoronix. Nesses sete testes, em vários casos, os resultados foram muito parecidos entre o driver open source e o AMDGPU-PRO.


FONTE: Phoronix

Comentários