Nova atualização de Ballistic Overkill deve trazer suporte para a API Vulkan


O jogo de tiro em primeira pessoa online Ballistic Overkill deve ganhar uma grande nova atualização que, entre as novidades, deve trazer suporte para a Vulkan. Com isso, você será capaz de definir sobre qual API gráfica o game deverá rodar, utilizando os parâmetro -force-vulkan (Vulkan) ou -force-glcore (OpenGL) nas configurações de inicialização do título no cliente Steam.

Conduto, os desenvolvedores deixam claro que a Vulkan é relativamente nova para eles, então o jogador poderá encontrar alguns bugs ao habilitar a API para as jogatinas. Também será possível conferir qual API está realmente em execução, clicando no canto inferior esquerdo na tela inicial, ao lado da versão do jogo.

Além disso, estarão presentes também novos modos de anti-aliasing, o que inclui FXAA, MSAA 2X até 8X e MSAA + FXAA com vários níveis de MSAA. Outra novidade é a possibilidade do jogador poder ver quem está em sua lista de amigos jogando no momento e se conectar ao servidor em que eles estão.

Um novo sistema de filas também foi implementado e, segundo os desenvolvedores, o jogador poderá entrar em qualquer servidor que desejar, mesmo que este servidor esteja cheio. Mas, enquanto se espera para entrar no servidor, será possível assistir a partida de um amigo até que uma posição vaga na equipe desejada se torne disponível. Desta forma, os recém-chegados entrarão em uma fila, entrando no jogo de forma organizada, podendo ser mais fácil organizar as equipes.

"A tela do lobby do jogo e as partidas privadas não existem mais, os jogadores podem agora organizar suas equipes de dentro de um jogo. Ainda oferecemos a possibilidade de criar servidores protegidos por senha para aqueles que querem jogar com grandes grupos de amigos", explicam os desenvolvedores.

Você pode conferir mais detalhes sobre a atualização 1.3.6 de Ballistic Overkill através deste link.


FONTE: GamingOnLinuxBallistic Overkill Blog

COMENTÁRIOS