KDE Plasma 5.12 deve chegar em janeiro de 2018 como a próxima versão LTS


Desenvolvedor no projeto KDE e o mantenedor do sistema operacional KDE Neon, Jonathan Riddell, anunciou hoje, 7 de junho, que a próxima série LTS      ou seja, com um suporte a logo prazo      do ambiente gráfio KDE Plasma será a versão 5.12, que deve ser lançada em janeiro de 2018, substituindo o atual KDE Plasma 5.8 LTS, que deve ter o suporte oficial encerrado em abril de 2018.

"A equipe do Plasma teve uma reunião gigantesca para discutir alguns dos aspectos dos lançamentos do Plasma para o futuro. Grande parte do debate foi sobre quando fazer um novo lançamento LTS e nós decidimos que seria com o Plasma 5.12 em janeiro", revela Jonathan Riddell.

A decisão foi principalmente feita por causa do projeto openSUSE, que precisa implantar uma nova versão LTS do ambiente gráfico KDE Plasma na próxima versão do sistema operacional openSUSE Leap, que provavelmente chegará no final deste ano com base no SUSE Linux Enterprise 15.

Com isso, o plano agora é focar no desenvolvimento da próxima versão do ambiente gráfico, a 5.11, que deve chegar em 21 de setembro. Em seguida, toda a atenção será dada ao KDE Plasma 5.12 LTS, que provavelmente exigirá o framework multiplataforma recentemente lançado Qt 5.9, e deverá ser suportado por pelo menos 2 anos, até 2020. Atualizações de manutenção serão fornecidas seguindo o mesmo cronograma da série KDE Plasma 5.8 LTS.

Infelizmente, há algumas más notícias para os adeptos do Wayland, já que o KDE Plasma 5.12 não será lançado com novos recursos do Plasma Workspace para o servidor de exibição do próximo geração. "Nós também proibimos novos recursos que podem afetar o port para Wayland, a menos que eles já estejam funcionando bem com o Wayland", diz Jonathan Riddell.

Até então, os usuários podem aproveitar o novo KDE Plasma 5.10 em seus sistemas operacionais baseados no kernel Linux. O KDE Plasma 5.10 será suportado até 22 de agosto de 2017, mas vem com vários novos recursos interessantes.


FONTE: Softpediajriddell.org

Comentários