Driver RADV ganha correções para placas GCN 1.0 e para as novas Radeon RX Vega


O driver open source que oferece suporte para a API Vulkan na plataforma Linux, o RADV, está cada vez mais recebendo melhorias para oferecer aos usuários um melhor suporte para GPUs do lado "vermelho da força". Um bom exemplo disso é que recentemente o driver recebeu correções cruciais para melhorar o suporte com placas de vídeo AMD GCN 1.0 "Southern Islands" e GCN 1.1 "Sea Islands", ou seja, hardwares da série Radeon HD 7000, que atualmente são suportadas pelo driver proprietário AMDGPU-PRO com a Vulkan.

As correções foram preparadas pelo próprio criador do driver, David Airlie, da Red Hat, que afirma que o suporte do driver para placas Sea Islands (CIK) está no mesmo patamar que o suporte para GPUs Volcanic Islands (VI - série Radeon Rx 200) e com arquitetura Polaris.

"Eventualmente, descobri a adição de um shader pipeline e o vazamento de cache no final de cada buffer de comando (isso levou alguns dias para diminuir completamente). Não temos 100% de certeza por que isso é necessário somente em SI [placas Southern Islands], pode ser um bug de kernel ou um bug de processador de comando, mas isso também significa que o radv com SI agora pode executar jogos sem muitos problemas", explica David Airlie em seu blog pessoal.

Contudo, é importante ressaltar que o RADV só será executado com a sua placa da série Radeon HD 7000 se o driver de kernel AMDGPU também estiver habilitado para ser iniciado com hardware GCN 1.0/1.1 em vez do driver de DRM Radeon.

Melhor suporte para placas Radeon RX Vega

Com a chegada das novas Radeon RX Vega, David Airlie preparou mais melhorias para o suporte do driver com placas de vídeo que trazem a arquitetura Vega. Em seus patches, o desenvolvedor preparou, por exemplo, melhor manipulação de metadados, bem como limpeza e pequenas correções no código do driver, entre outras alterações.

Essas melhorias devem fazer com que o RADV funcione melhor com os novos modelos de placas de vídeo da AMD. No futuro, muitas outras correções ainda devem ser implementadas no driver, tornando-o a melhor alternativa ao AMDGPU-PRO para os interessados nas Radeon RX Vega.

Em paços largos em direção à Vulkan 1.0.58

Além do melhor suporte para placas de vídeo da AMD, o driver RADV também está recebendo 5 novos patches que fazem várias atualizações no código para que o driver possa suportar a recém-lançada Vulkan 1.0.58 e sua nova extensão VK_EXT_shader_viewport_index_layer.

Vulkan 1.0.58 é uma atualização bem pequena, mas é ótimo ver o progresso contínuo do driver RADV dentro do projeto Mesa e sua capacidade contínua em sempre aderir as últimas versões da API Vulkan.

Obtendo as últimas versões do RADV

Se você gostou das novidades apresentadas neste artigo e quer testar as últimas melhorias que estão sendo implementadas no driver Vulkan RADV, a melhor opção para se fazer isso é instalando a última versão de desenvolvimento do Mesa, algo que pode ser facilmente feito no Ubuntu através do PPA Padoka.

Ainda não está claro se o próximo lançamento estável do Mesa, versão 17.2, trará essas melhorias do RADV. Contudo, caso isso não aconteça, todas as novidades implementadas no RADV certamente estarão no Mesa 17.3, atualmente em constante desenvolvimento.


FONTE: Phoronix[1]  [2]  [3] | Dave Airlie Linux Graphics blog

COMENTÁRIOS