Lançado o driver NVIDIA 387.22 trazendo suporte para a GeForce GTX 1070 Ti


A NVIDIA lançou na última segunda-feira (30) mais uma nova versão do seu driver de vídeo para a plataforma Linux, a 387.22, que entre os seus principais destaques está o suporte para a recém anunciada GeForce GTX 1070 Ti, que inclusive já está em pré-venda no mercado brasileiro. Além disso, o software também chega prometendo oferecer melhorias de desempenho e mais correções.

Outro destaque do NVIDIA 387.22 é que os usuários agora podem habilitar o tratamento experimental do brilho da luz de fundo de notebooks e o G-SYNC agora é o padrão para todos os swap chain Vulkan (uma série de framebuffers virtuais utilizados pela placa de vídeo e API gráfica para estabilização do frame rate, por exemplo) suportados em placas de vídeo Maxwell e mais recentes.

Além disso, também foi adicionado o suporte para compressão YUV 4:2:0 em monitores conectados via DisplayPort, bem como o atributo MetaMode "AllowGSYNC" para desativar o G-SYNC completamente que, segundo a NVIDIA, pode ser usado para permitir recursos de habilitação que são incompatíveis com o G-SYNC, como Ultra Low Motion Blur ou Frame Lock.

O nvidia-installer também foi atualizado nesta nova versão do driver e agora pode usar o init_module syscall diretamente em vez da combinação libkmod e insmod para testar o carregamento dos módulos do kernel. Além disso, devido ao suporte incompleto nas GPUs, os modos entrelaçados em DisplayPort foram desabilitados por padrão por enquanto.

Para mais detalhes técnicos sobre o driver de vídeo NVIDIA 387.22, não deixe de conferir o anúncio oficial, clicando aqui.


FONTE: NVIDIA

Comentários