Ubuntu 17.10 é oficialmente lançado com GNOME 3.26 e Wayland por padrão


O Ubuntu 17.10 foi oficialmente lançado nesta quinta-feira (19) pela Canonical e você já pode fazer o download ou, se assim desejar, atualizar a sua instalação existente do sistema operacional para a nova versão, que está recheada de grandes mudanças e que faz uso de várias novas tecnologias, diferente do que aconteceu nos lançamentos anteriores, onde só se via pequenas mudanças e ajustes menores.

Entre as maiores mudanças presentes na nova versão do sistema operacional, está adição do ambiente gráfico GNOME, disponível por padrão no lugar do Unity 7. Para que a curva de aprendizado seja menor para aqueles já acostumados com o Unity, bem como deixar a área de trabalho mais familiar, a Canonical decidiu fazer algumas alterações no GNOME, o que inclui a implementação da "Ubuntu Dock", que serve como gerenciador de tarefas e launcher de aplicativos.


Como o Ubuntu 17.10 traz o recém-lançado GNOME 3.26, tanto a Ubuntu Dock como a barra superior são semitransparente, o que permite uma boa presença visual. Mas quando uma janela está maximizada ou toca a barra superior ou a dock, o recurso "dynamic transparency" entra em ação e a transparência dá lugar a uma cor mais escura. Além disso, também é possível ocultar automaticamente a dock através do painel de configurações do sistema.


A nova versão do sistema operacional também traz o GNOME Display Manager 3 (GDM3) como gerenciador de login padrão em vez do LightDM e Unity Greeter. Com o GDM, além de oferecer uma tela de login mais integrada com o GNOME aos usuários, há também o suporte para notificações de aplicativos.

Wayland é o servidor de exibição padrão

Outro grande destaque do Ubuntu 17.10 é o Wayland como o servidor de exibição padrão no lugar do Xorg. Contudo, é provável que você não sinta grandes mudanças, o que é bom, obviamente. Porém, é importante ressaltar que esta é uma tecnologia nova, o que significa que você pode enfrentar alguns problemas para, por exemplo, rodar alguns jogos. Mas não entre em pânico se isso acontecer: o Ubuntu 17.10 ainda inclui uma sessão Xorg por padrão.


Para usar o Xorg em vez do Wayland, tudo o que você precisa fazer é encerrar a sessão, clicar no menu da tela de login e selecionar "Ubuntu on Xorg". Em seguida, faça o login normalmente. Vale ressaltar que, caso você instale o driver de vídeo proprietário da NVIDIA, o Xorg serão selecionado automaticamente como o padrão.

Download do Ubuntu 17.10

Quer conferir de perto essas e outras novidades do Ubuntu 17.10? Você pode baixar agora mesmo a nova versão do sistema operacional através deste link. Lembrando que a imagem ISO do Ubuntu só está disponível para processadores de 64-bits.

Se preferir, você também pode baixar a nova versão do Ubuntu via torrent, através deste link.


FONTE: OMG! Ubuntu!

Comentários