Já se passaram cinco anos desde que a Valve lançou o Steam no Linux


Há cinco anos, a Valve lançava o Steam para a plataforma Linux, criando um caminho a seguir para as desenvolvedoras de jogos para um mundo até então desconhecido. Tudo começou com a Valve anunciando a criação de uma pesquisa para reunir testadores para o próximo lançamento beta do cliente Steam, que traria também suporte para Linux. O que a empresa não esperava era mais de 60 mil pessoas se inscrevendo para se tornar um testador.

O lançamento inicial oferecia epenas 30 jogos disponíveis para Linux, mas atualmente são mais de 3.800 games com suporte para o sistema do pinguim, onde a maioria são jogos indie, alguns títulos são AAA (e mais games importantes devem chegar em breve) e estão disponíveis no Linux todos os tipos de gêneros de games.

Além da empresa de Gabe Newell, não podemos esquecer também da Virtual Programming, Aspyr Media e Feral Interactive, desenvolvedoras que ajudaram a trazer títulos AAA para a plataforma Linux.

SteamOS e Steam Machines

Em poucos dias, no dia 10 de novembro, também marcará dois anos desde o lançamento do sistema operacional SteamOS, Steam Machines e Steam Controller. Embora o lançamento das "Maquinas Steam" não tenha agradado muito, a proposta da Valve em melhorar a experiência dos jogos para PC na sala de estar com máquinas criadas especialmente para a jogatina influenciou também a chegada de grandes games no Linux, algo que acontece até hoje.

Ainda não se sabe o que a Valve pretende fazer com o SteamOS e as Steam Machines, mais alguns otimistas acreditam que a empresa fará um relançamento no futuro.

O que você espera para o futuro?

Com o cliente Steam alcançando os seus cinco anos de chegada no Linux, quais são as suas expectativas para o futuro? Quais são seus jogos preferidos com suporte para Linux? Você acha que as Steam Machines já podem ser relançadas? Compartilhe conosco os seus pensamentos.


FONTE: GamingOnLinux

Comentários