Lançado o Linux Kernel 4.15 RC1, confira o que há de novo


Foi lançado recentemente o primeiro RC (Release Candidate) do Linux Kernel 4.15 com grandes novidades especialmente para os usuários AMD. Para você ter uma ideia, uma boa parte da adição de novos códigos no kernel está relacionada com a implementação da pilha de código AMDGPU DC (anteriormente conhecida como "DAL"), que deve proporcionar um melhor suporte para modelos mais novos de placas de vídeo do lado vermelho da força, sendo o código compartilhado usado nos drivers de gráficos da AMD no Linux e no Windows.

Claro, além da adição de AMDGPU DC, existem também outras melhorias para praticamente todos os tipos de hardware e periféricos. Confira o que há de novo no Linux Kernel 4.15 RC1 agora mesmo!

Melhorias para gráficos

Além da implementação do AMDGPU DC, foi adicionado também o suporte para agendamento de prioridade para o driver de vídeo open source AMDGPU para beneficiar as placas gráficas Radeon em um ambiente Steam VR para garantir um desempenho suficiente com headsets VR no Linux. Outro novo recursos que deve ajudar na performance em casos de VR é o "DRM leasing" e o headsets HTC Vive agora não será mais tratado como um monitor convencional.


No lado da Intel, os gráficos de processadores Coffee Lake agora são considerados estáveis ​​e o suporte não precisará mais ser habilitado através do parâmetro do módulo kernel. A Intel também continuou trabalhando na habilitação de chips Cannon Lake. Além disso, o driver DRM (Direct Rendering Manager) da Intel agora possui suporte para "transparent huge-pages" e agendamento de prioridade definido pelo usuário.

Já o driver de código aberto para GPUs da NVIDIA (Nouveau) agora conta com suporte para a monitoração de temperatura de placas de vídeo GeForce GTX 1000 "Pascal".

Melhor suporte para processadores

O Linux Kernel 4.15 RC1 traz suporte para Turbo Boost Max 3.0 para novos processadores Intel Core X baseados em Skylake, suporte térmico para chips Intel Coffee Lake e Cannon Lake. Além disso, também há suporte para monitoramento de temperatura de chips AMD com microarquitetura Zen, ou seja, processadores Ryzen, Threadripper e EPYC.


Já o código RISC-V foi implementado como uma nova arquitetura. No entanto, no Linux Kernel 4.15 RC1, este código não suporta nenhum hardware RISC-V real, pois seus drivers de dispositivo ainda não foram adicionados ao kernel, este é apenas o código de arquitetura comum. No lado RISC, foi adicionado o suporte para OpenRISC SMP para projetos OpenRISC multi-core.

Quando o assunto é a plataforma e SoC ARM, agora há suporte para Allwinner R40, Broadcom Hurricane 2, CubieBoard 6, Banana Pi M2 Ultra, Fairphone 2 e várias outras placas ARM.

Outras mudanças

A nova versão do kernel traz também melhorias de bateria para notebooks com processadores Intel Haswell e mais recentes. Além disso, também há correções para ASPM (Active State Power Management), entre outras melhorias para o gerenciamento de energia e ACPI.

Além disso, foi implementado melhorias no sistema de arquivos F2FS, incluindo suporte de cotas baseado em sysfile para o Android, o AFS (Andrew File-System) foi revisado pela Red Hat, há melhorias na compressão para o Btrfs, o EXT4 agora tem redimensionamento Bigalloc e foi adicionado várias correções para praticamente todos os sistemas de arquivos suportados.

Entre outras mudanças, há suporte também para áudio com APUs AMD Stoney Ridge e Raven Ridge, melhor suporte para HDMI CEC, bem como suporte para rede através de cabos Thunderbolt usando o protocolo Apple ThunderboltIP e muito mais.

Versão final chega em janeiro de 2018

Se o ciclo de desenvolvimento do Linux Kernel 4.15 for tranquilo, o que significa também que as festas de Natal e de Ano Novo não ficarão em seu caminho, e somente sete RCs serão lançados, devemos esperar que o lançamento final aconteça em janeiro de 2018, mais precisamente em 14 de janeiro.

Linus Torvalds tem esperança de que o Linux Kernel 4.15 não tenha os mesmos atrasos do Linux Kernel 4.14 LTS e que chegará a tempo. De qualquer forma, o desenvolvimento acaba de ser iniciado, então será uma longa e aventureira estrada até o lançamento final.


FONTE: Phoronix | Softpedia | LKML

Comentários