Ubuntu 17.04, a última versão com Unity 7, será oficialmente suportado até 13 de janeiro


A Canonical anunciou na última sexta-feira (05) que está a pôr fim no suporte oferecido para o seu sistema operacional Ubuntu 17.04 (Zesty Zapus) na próxima semana, no dia 13 de janeiro. Lançado no ano passado em 13 de abril, o Ubuntu 17.04 foi um lançamento poderoso, tanto dentro como fora, executando o Linux Kernel 4.10 estável (naquela época) e contava com uma pilha gráfica atualizada baseada no Mesa 17.0 e X.Org Server 1.19. Foi também o último lançamento do Ubuntu com o ambiente gráfico Unity 7 por padrão.

"Como não se trata de uma versão LTS, [o Ubuntu] 17.04 tem um ciclo de suporte de apenas 9 meses e, como tal, chegará ao fim da vida no sábado, 13 de janeiro. Naquele momento, os avisos de segurança do Ubuntu deixarão de incluir informações ou pacotes atualizados para o Ubuntu 17.04. O caminho de atualização suportado do Ubuntu 17.04 é via Ubuntu 17.10", diz a Canonical.


Os usuários são convidados a atualizar para o Ubuntu 17.10 imediatamente

A Canonical aconselha que todos os usuários do Ubuntu 17.04 atualizem suas instalações para o lançamento mais recente do Ubuntu, a versão 17.10, pois não liberará mais patches para as vulnerabilidades Meltdown e Spectre para o Ubuntu 17.04. Infelizmente, pelo menos para os fãs do Unity 7, o Ubuntu 17.10 é fornecido com o GNOME 3.26 por padrão. No entanto, algumas das suas configurações do Unity 7 serão salvas após a atualização.

A equipe do Ubuntu Desktop deu o seu melhor para deixar o ambiente gráfico GNOME com a aparência familiar com a do Unity 7. Bem, pelo menos, o visual se parece com o Unity 7, porque a sensação é completamente diferente, mas muito amigável (podemos dizer isso com base na nossa experiência até agora com o Ubuntu 17.10).

Seja como for, não baixe a imagem ISO do Ubuntu 17.10 ISO para fazer uma reinstalação, pois pode quebrar o BIOS do seu computador, isto é, caso você esteja usando um laptop Lenovo. Alguns dispositivos da Acer e da Toshiba também são afetados e uma solução temporária está disponível, mas é recomendável aguardar até que a Canonical libere novas versões das imagens ISO do Ubuntu 17.10 para desktops, que podem estar disponíveis na próxima semana. Contudo, a atualização para o Ubuntu 17.10 ainda é algo seguro de se fazer.


FONTE: Softpedia | Ubuntu

Comentários