Projeto DXVK tem feito grande progresso em executar jogos DirectX 11 sobre a Vulkan


O projeto DXVK, que começou no final de 2017 para a implementação do Direct3D 11 sobre a Vulkan com foco na melhoria do suporte do Wine com o D3D11, já está começando a executar alguns jogos desenvolvidos inicialmente com o DirectX 11 sobre a API gráfica de baixo nível. Isso é possível graças ao grande progresso realizado pelos desenvolvedores nós últimos meses, período em que conseguiram implementar recursos importantes que possibilitam a execução desses games sem muitos problemas.

Entre os avanços recentes no DXVK, podemos citar um script de ajuda para configurar as DLLs DXVK no Wine, a implementação de mais instruções e outras funcionalidades, cache de pipeline local, suporte inicial para tela cheia (full-screen), agora não existe mais a dependência do SDL (Simple DirectMedia Layer), foi adicionando um Heads-Up Display (HUD) básico para mostrar informações de gráficos na tela, melhorias no gerenciamento de memória e muito mais. Essa foi apenas uma parte do trabalho realizado até o momento em janeiro.

Confira abaixo algumas screenshots tiradas por Philip Rebohle, o principal desenvolvedor do DXVK, bem como o responsável pela maior parte do trabalho feito no projeto. As imagens abaixo são de aplicações D3D11 sendo executadas no Wine com o DXVK através da API Vulkan:



Entre os principais recursos do D3D11 que ainda devem ser implementadas no DXVK, estão tessellations, queries e stream output, entre outros. Você pode conferir mais detalhes sobre o projeto através da sua página oficial no GitHub, clicando aqui.

Enquanto isso, o VKD3D continua sendo o projeto liderado pela equipe do Wine para obter o Direct3D 12 rodando sobre a Vulkan. Há também um projeto separado de longa data chamado VK9, para obter o D3D9 sobre a Vulkan, mas ainda não parece ser tão bom quanto o DXVK.


FONTE: Phoronix

Comentários