Ajude a Canonical a oferecer reprodução de vídeo acelerada por hardware no Ubuntu 18.04 LTS


Enquanto a Canonical já implementou o suporte de reprodução de vídeo acelerada por hardware com CPUs da Intel na versão atual do seu sistema operacional, o Ubuntu 17.10, parece que a empresa agora planeja obter o recurso também com outros tipos de processadores, servidores de exibição e players multimídia. A companhia pede que os usuários testem a versão de desenvolvimento do Ubuntu 18.04 LTS para que possam dar feedback sobre o desempenho da reprodução de vídeo.

Em uma recente chamada para teste, a Canonical pede que os usuários testem o desempenho de reprodução de vídeo com aplicativos como o MPV ou Totem (GNOME Videos), bem como com o servidor de exibição de próxima geração Wayland ou com o Xorg, e relatar quaisquer problemas.

"Se você estiver usando o Ubuntu 18.04, estamos interessados em ouvir seus comentários sobre se isso [a reprodução de vídeo] está funcionando sem problemas para você. Estamos particularmente interessados em ouvir se você tem problemas de suavidade específicos com o player multimídia (Totem ou mpv), ou com o tipo de sessão (Wayland ou Xorg)", diz Daniel Van Vugt, membro da equipe Ubuntu Desktop na Canonical.

Vários bugs já foram identificados

Se você descobrir qualquer problema com a reprodução de vídeo em seu computador executando o Ubuntu 18.04 LTS, a Canonical pede que você publique um comentário na referida chamada para teste de thread e mencione o modelo da CPU que você está usando, se você usou a sessão Wayland ou Xorg, se você fez o teste com o MPV ou Totem, e a saída do comando  vainfo .

A Canonical identificou alguns problemas dos primeiros relatórios, incluindo a reprodução de vídeo corrompida nas sessões Xorg, o salvamento de screensaver durante a reprodução MPV nas sessões do Wayland, barras de título quebradas, tela preta com Totem e travamentos na reprodução dos vídeos em um sistema AMD com uma GPU Radeon. Felizmente, a empresa promete correções para todos esses problemas no Ubuntu 18.04 LTS.

Enquanto isso, você pode fazer seus próprios testes e fornecer a Canonical o feedback que a empresa precisa para melhorar a reprodução de vídeo acelerada por hardware no Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), que será uma versão suportada a longo prazo (LTS). O sistema operacional deve ser lançado em 26 de abril, com muitos outros novos recursos e melhorias.


FONTE: Softpedia | Ubuntu

Comentários