Driver Vulkan da Intel recebe 56 novos patches para suportar a Vulkan 1.1


Assim como a NVIDIA e a AMD, que atualizaram os seus drivers de vídeo para suporta a Vulkan 1.1, lançada pelo consórcio The Khronos Group nesta quarta-feira (07), a Intel anunciou hoje que 56 novos patches devem ser implementados no seu driver Vulkan open source para a plataforma Linux, chamado de "ANV", garantindo suporte também para a nova versão da API gráfica de baixo nível.

Há dois anos, quando a Vulkan 1.0 estreou pela primeira vez, a Intel conseguiu um milagre ao oferecer suporte para a API com o seu driver de código aberto no mesmo dia do lançamento, com o que seria o driver ANV. Agora, com esta primeira atualização importante da Vulkan, os desenvolvedores de código aberto da Intel trabalharam duro por algum tempo para oferecer suporte em conjunto com a especificação revisada do Khronos Group.

É outro milagre se você parar para pensar que levou anos para que os principais drivers da pilha de gráficos Mesa ficassem atualizados com as versões do OpenGL. Ainda estamos aguardando o suporte completo do Mesa com o OpenGL 4.6. Mas hoje temos os patches da Vulkan 1.1 que os desenvolvedores da Intel garantem que estão em conformidade com esta especificação de gráficos/computação revisada pelo consórcio responsável pela API Vulkan.

Este suporte do driver Vulkan ANV continua visando o hardware gráfico Broadwell "Gen 8" e mais recente. A implementação é considerada quase completa, exceto para 16-bit shader I/O, que ainda está em desenvolvimento. Além disso, para ter este suporte para a Vulkan 1.1, você deve ter instalado o Linux Kernel 4.14 ou mais recente devido ao recurso ioctl.

O suporte para a Vulkan 1.1 em hardware Intel só estará disponível com o lançamento do Mesa 18.1 no próximo trimestre, mas, infelizmente, não em tempo para o próximo Mesa 18.0.


FONTE: Phoronix

Comentários