O Ubuntu 18.04 LTS não contará com um novo tema GTK


Se você está esperando ver o Ubuntu 18.04 LTS chegar com um aspecto totalmente novo, temos uma má notícia para você: os desenvolvedores do Ubuntu afirmaram que o novo tema criado pela comunidade não será parte do lançamento da próxima versão do sistema operacional no próximo mês. Em outras palavras, não será o tema GTK padrão e nem estará disponível como alternativa opcional para usuários.

Como muitos de vocês sabem, o "CommuniTheme" (como o tema é conhecido atualmente) está se configurando para ser algo muito especial. Uma pequena coleção de criadores da comunidade adaptou cuidadosamente os projetos abandonados do ambiente gráfico Unity 8 em um tema atraente, real e bastante confiável.


Mas, infelizmente, este trabalho não será parte do Ubuntu 18.04 LTS, que deverá ser lançado em 26 de abril de 2018. Com isso, os usuários do Ubuntu que sabem sobre o tema terão obtê-lo através de outros meios. algo que felizmente pode ser mais fácil do que você pode imaginar.

A decisão é triste, mas significa que o tema GTK Ambiance continuará vivo até 2023, tendo sido introduzido pela primeira vez em 2010. Os desenvolvedores corrigiram erros mais importantes do Ambiance com o tempo para garantir que o tema continue servindo como a identidade do Ubuntu.

Contudo, os desenvolvedores planejam apresentar o novo tema no início do ciclo de desenvolvimento do Ubuntu 18.10 para que snapshots regulares e testes mais amplos possam ocorrer.

Um CommuniTheme Snap?

Os desenvolvedores do Ubuntu também revelaram planos de oferecer o CommuniTheme como um aplicativo "Snap". Especificamente, um Snap que adiciona uma sessão GNOME à tela de login, que por sua vez contará com a área de trabalho tradicional do Ubuntu, mas com o novo tema GTK e o tema de ícones "Suru" (aparentemente inacabado) configurado como padrão. Os usuários simplesmente precisariam selecionar a sessão na tela de login do sistema para testar o CommuniTheme.

Ao disponibilizar a experiência "CommuniTheme" como uma sessão separada, os usuários também poderão reverter facilmente para uma instalação tradicional do Ubuntu a partir da tela de login (em vez de instalar a ferramenta Tweaks e reverter as configurações para o padrão).

Agora só restar esperar e ver qual será o próximo passa dos desenvolvedores do Ubuntu para sabermos qual será o futuro do CommuniTheme no sistema operacional.


FONTE: OMG! Ubuntu!

Comentários