Novo terminal no Chrome OS sugere o suporte futuro para aplicativos Linux


Mais evidências surgiram recentemente de que o Google poderia estar trabalhando na implementação de suporte para aplicativos Linux em seu sistema operacional (baseado em Linux) Chrome OS para os Chromebooks. De acordo com um tópico do Reddit, um usuário do Chromebook localizou recentemente um novo app de terminal adicionado à gaveta de aplicativos ao usar o último canal de desenvolvimento. Clicando no ícone, é solicitado que o usuário instale o aplicativo Terminal, que requer cerca de 200 MB de espaço em disco.

O aviso de instalação observa o fato de que o aplicativo Terminal pode ser usado para desenvolver no Chromebook. Ele também sugere que os usuários poderão executar aplicativos nativos e ferramentas de linha de comando de forma transparente e segura. Considerando o fato de que o Chrome OS possui o kernel Linux sob o capô, isso só pode indicar o suporte para aplicativos nativos do sistema do pinguim.

Suporte a aplicativos nativos do Linux no Chrome OS

Isso mesmo, você poderá em breve executar aplicativos nativos do Linux no seu Chromebook usando o novo aplicativo Terminal. Isso era possível anteriormente se você ativasse o modo de desenvolvedor no seu Chromebook e acessasse o chamado Crosh Shell com o atalho de teclado Ctrl+Alt+T.

Embora o Crosh Shell seja aberto em uma aba do Chrome, o novo Terminal parece ser autônomo e não deve exigir que você ative o modo de desenvolvedor, que não é algo que todo usuário do Chromebook deseja fazer. No entanto, o novo aplicativo pode ser limitado a apenas alguns comandos básicos do Linux no início.

Infelizmente, por enquanto, aparece um erro ao tentar instalar o aplicativo Terminal, como você pode ver nas imagens abaixo. Esperamos que esse problema menor seja resolvido em breve para que possamos ter uma visão mais aprofundada do que o novo aplicativo Terminal no Chrome OS pode realmente fazer.




Enquanto isso, parece que a Google está trabalhando em suporte a inicialização dupla para o Chrome OS, já que a evidência de um "Alt OS" foi descoberta recentemente em um commit do Chromium. Isso pode permitir que os usuários do Chromebook possam ter o Chrome SO e uma distribuição Linux preferida, ou o Windows.


FONTE: Softpedia
IMAGENS: Reddit

Comentários