Mesa 18.2 promete APUs Kaveri duas vezes mais rápidas e Anti-Aliasing EQAA para GPUs Radeon


O Mesa 18.1 ainda não foi oficialmente lançado, mas os desenvolvedores da pilha de gráficos open source já estão trabalhando no próximo grande lançamento, o Mesa 18.2, que trará mais melhorias significativas para hardware AMD. Entre elas, está o aumento de até 2x no desempenho com APUs Kaveri ao usar o driver AMDGPU em vez do driver Radeon padrão.

Acontece que o número de back-ends de renderização reportados pelo driver do kernel estava errado para as APUs Kaveri. Existem dois back-ends de renderização e não apenas um. Ambos os backends de renderização do hardware Kaveri devem ser habilitados ao usar o Mesa 18.2 com o AMDGPU, caso contrário, com o driver de kernel Radeon, um dos back-ends ainda estará desabilitado.


A mudança, que já está disponível no código Git do Mesa 18.2, foi implementada pelo desenvolvedor Marek Olšák, da AMD.

Suporte para o EQAA para GPUs Radeon

Outra novidade que estará chegando com o Mesa 18.2 para os usuários AMD é o suporte para o Enhanced Quality Anti-Aliasing (EQAA) com GPUs GCN. O EQAA tem como objetivo fornecer melhor qualidade sobre o multi-sample anti-aliasing (MSAA), fornecendo mais amostras de cobertura por pixel. O EQAA deve ter requisitos de sistema ligeiramente superiores aos do MSAA, mas com benefícios significativos de qualidade visual.


Por enquanto, este suporte ao EQAA só pode ser alternado por uma variável de ambiente que leva o mesmo nome. A variável precisa de um valor do número de amostras de cobertura, amostras Z e amostras de cores, tudo delimitado por uma vírgula (por exemplo EQAA=8,4,2). Essa variável também funciona apenas se o aplicativo OpenGL estiver usando o MSAA.

Muitos outros recursos devem ser implementados no Mesa 18.2 que devem beneficiar os usuários que fazem uso da pilha de gráficos open source na plataforma Linux. Fique ligado no LinuxBuzz para mais novidades.


FONTE: Phoronix [1] | [2]

Comentários