Google lança nova ferramenta para facilita a edição de vídeo em RV no Linux


A Google lançou recentemente uma nova ferramenta open source para a conversão de vídeo em RV com suporte também para a plataforma Linux. Trata-se do “VR180 Creator”, que visa tornar mais fácil para os criadores de conteúdo converter e, posteriormente, editar vídeo filmado em dispositivos de 180 graus e 360 ​​graus como, por exemplo, a câmera Lenovo Mirage.

O intuito da gigante de Mountain View com a nova ferramenta certamente é para agradar aqueles que tem dificuldade em realizar edições de vídeo em VR. Então, com a novidade, a Google está sendo bastante inteligente. Qualquer coisa que torne mais fácil para os criadores de conteúdo editarem RV em algo diferente de uma plataforma de ponta especializada vai ajudar o formato a florescer.

Sem falar que a Google possui a plataforma de compartilhamento de vídeo mais popular do mundo e um sistema operacional móvel que oferece uma experiência de realidade virtual competente por meio de dispositivos como o Google Cardboard, é algo que você realmente quer ver acontecer.

"As câmeras VR180 permitem que os criadores gravem fotos e vídeos tridimensionais e imersivos usando câmeras acessíveis que são pequenas o suficiente para caber no seu bolso. Para facilitar ainda mais a criação e a edição de vídeos de realidade virtual de alta qualidade, estamos lançando o VR180 Creator no Mac e no Linux. Esta ferramenta de área de trabalho permite que qualquer pessoa edite conteúdo VR180 com as ferramentas de vídeo VR existentes", explica Erik Ackermann, engenheiro de software AR/VR da Google.

O VR180 Creator não é um editor de vídeo

O VR180 Creator não é um editor de vídeo non-linear e multi-track, mas sim uma ferramenta relativamente básica, encarregada da conversão de vídeo. Usando o VR180 Creator, você pode importar e converter imagens de vídeo capturadas em uma câmera de realidade virtual em um arquivo de vídeo mais versátil que pode ser aberto e editado em um editor de vídeo como Kdenlive ou Lightworks, por exemplo.


A ferramenta possui várias configurações através das quais você pode controlar a qualidade, o layout e o campo de visão (FOV) do arquivo convertido. Depois que as edições no vídeo convertido estiverem concluídas, basta usar o utilitário novamente para tornar o filme em um formato compatível novamente com VR.

Isso pode ser feito colocando o arquivo de vídeo de volta no espaço de trabalho do VR180 Creator, mas, desta vez, escolhendo a opção “Prepare for publishing” na tela inicial. A partir daqui, já é possível adicionar novamente e configurar todos os metadados compatíveis com a realidade virtual que você retirou antes.


São esses metadados do VR180 que permitirão que seu videoclipe seja exibido corretamente no YouTube, no Google Fotos e em headsets de realidade virtual, como o Google Cardboard.

Atualmente, dispositivos como a já mencionada câmera Lenovo Mirage tornam mais fácil (e não muito caro) gravar vídeo em RV. Isso faz com que esta ferramenta gratuita de conversão de vídeo em RV da Google seja uma chegada oportuna. Os criadores de conteúdo agora podem ser mais criativos com mais frequência em mais plataformas.

Instalando o VR180 Creator

A versão do aplicativo VR180 Creator para Linux é fornecida como um binário Electron. Isso significa que, para executá-lo, basta baixar (clicando aqui), extrair e, em seguida, clicar duas vezes no runtime "VR180 Creator" para iniciar o aplicativo.

Aparentemente, a ferramenta requer que a biblioteca "libgconf-2.4" (ou gconf2) esteja instalada no sistema operacional. Se você é um usuário do Ubuntu, pode abrir o terminal e executar este comando para instalá-lá:  sudo apt install libgconf-2.4 .


FONTE: OMG! Ubuntu! | Google

Comentários