Total War Saga: Thrones of Britannia será lançado no Linux ainda esta semana com suporte para a Vulkan


A Feral Interactive acaba de anunciar que mais um título da série Total War Saga será lançado na plataforma Linux ainda esta semana, mais precisamente na próxima quinta-feira (7). Trata-se de Thrones of Britannia que fará uso da API gráfica Vulkan, assim como F1 2017 e Rise of the Tomb Raider, entre outros jogos, que também receberam seus ports para o sistema do pinguim graças a desenvolvedora.

Como você pode imaginar, assim com os jogos mencionados anteriormente, Total War Saga: Thrones of Britannia no Linux não terá suporte para o OpenGL. Parece que a Feral Interactive está vivendo em um mundo de jogos Linux, onde a Vulkan é usada exclusivamente para seus ports, o que é ótimo, especialmente quando levamos em consideração que a Apple está abandonando o suporte para o OpenGL no macOS, mas o MoltenVK, implementação que permite rodar a Vulkan sobre a Metal (API proprietária e exclusiva da Apple) já consegue oferecer um bom desempenho, maior até que o OpenGL no sistema da maçã. O que resta é as desenvolvedoras adotarem o MoltenVK para obter suporte multiplataforma.



Requisitos do sistema para jogar Total War Saga: Thrones of Britannia no Linux

De acordo com a desenvolvedora, para jogar Total War Saga: Thrones of Britannia na sua distribuição Linux favorita, você vai precisar de, no mínimo, um processador Intel Core i3-2100 ou equivalente da AMD, 8 GB de memória RAM e uma placa de vídeo AMD R9 285 com 2 GB de VRAM ou uma NVIDIA 680 também de 2 GB, ou melhor e pelo menos 15 GB de espaço livre no disco.

Os donos de placa de vídeo da AMD precisam estar com pelo menos o Mesa 18.0.4. Já os usuários NVIDIA precisam estar com o driver 390.59 ou mais recente instalado. Mais ports de jogos da Feral Interactive devem chegar no Linux em um futuro não muito distante, como é o caso de Life is Strange: Before the Storm.


FONTE: Phoronix

Comentários