Apple rejeita aplicativo para iOS usando MoltenVK, alegando o uso de ''non-public API''


Se você anda acompanhando as últimas notícias do mundo Linux, já deve ter ouvido falar no MoltenVK, uma implementação da API de gráficos e computação Vulkan para macOS e iOS como uma resposta a decisão da Apple de não suportar a Vulkan em seus sistema operacionais. Entre os seus adeptos mais notáveis, está a Valve com Dota 2 no Mac, mas para quem deseja usar esse framework "Vulkan-to-Metal", parece que a Apple pode estar rejeitando a entrada no iOS de apps que tragam a solução.

A informação vem de um estúdio de jogos indie que afirma que um de seus games para iOS foi rejeitado pela Apple por causa do uso do MoltenVK. Especificamente, o título foi rejeitado pelo uso de uma "non-public API" (API privada, ou seja, qualquer API do iOS que não esteja documentada pela Apple e, por isso, não são oferecidas ao programador). A carta de rejeição da Apple cita o uso de interfaces não públicas em torno do IOSurface, que é usado diretamente pelo MoltenVK. O IOSurface faz parte dos SDKs do iOS 11.0 e do macOS 10.6 (e versões mais recentes) para compartilhar dados de buffer acelerados por hardware entre os processos.

Curiosamente, a própria Apple permitiu no mês de maio que o jogo do estúdio entrasse na App Store enquanto usava o MoltenVK, mas com a atualização mais recente do game, que é desenvolvida com a engine Unity 3D, o game agora está sendo bloqueado por causa do uso dessa "non-public API".

O estúdio está fazendo uso do MoltenVK 1.1.73 sem quaisquer modificações e a atualização mais recente do seu jogo foi lançada apenas para corrigir apenas alguns bugs      nada mudou dentro do MoltenVK em comparação com a chegada inicial do game na App Store.

Esta é a primeira vez que ouvimos falar da rejeição da Apple de aplicativos que usam o MoltenVK ou seu suposto uso de "non-public API", embora, francamente, não seja tão surpreendente, dada a abordagem da empresa com a adoção da sua API Metal. Isso seria um golpe para o uso do MoltenVK no iOS, mas pelo menos nada está impedindo os desenvolvedores de distribuir os seus próprios aplicativos e jogos no macOS através de serviços como o Steam, ou seja, fora da App Store.


FONTE: Phoronix

Comentários