Canonical corrige regressão do Ubuntu causando falhas de inicialização com CPUs AMD


No mês passado, em 20 de junho, a Canonical lançou uma atualização de firmware de microcódigo para processadores da AMD em todas as versões do Ubuntu suportadas para corrigir a conhecida vulnerabilidade Specter, descoberta por Jann Horn do Google Project Zero, que pode permitir que invasores locais exponham informações sensíveis, incluindo a memória do kernel.

Infelizmente, o firmware do microcódigo para processadores da AMD (amd64-microcode) lançado pela Canonical causou falhas de inicialização em alguns PCs com o Ubuntu 14.04 LTS. A empresa pediu desculpas pelo problema e lançou um patch para consertar a infeliz regressão, pedindo que os usuários atualizem seus sistemas opracionais imediatamente.

"O USN-3690-1 forneceu o microcódigo atualizado para os processadores da AMD para endereçar o CVE-2017-5715 (também conhecido como Specter). Infelizmente, a atualização causou falha em alguns sistemas. Essa atualização reverte a atualização para o Ubuntu 14.04 LTS. Pedimos desculpas pelo inconveniência", diz a Canonical em seu comunicado.

Até o momento, a empresa corrigiu a regressão causada pela atualização do firmware do microcódigo da AMD apenas para os usuários do sistema operacional Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr) e seus derivados oficiais, incluindo Kubuntu, Lubuntu, Xubuntu e etc. A companhia afirma ter disponibilizado a atualização em 5 de julho para corrigir falhas de boot, bem como reverte o update anterior lançado a partir do dia 20 de junho.

Portanto, para corrigir o problema, os usuários do Ubuntu 14.04 LTS precisam apenas manter o sistema atualizado, instalando o pacote amd64-microcode - 3.20180524.1~ubuntu0.14.04.2+really20130710.1 que agora está disponível nos repositórios oficiais de software. Para atualizar seu sistema, siga as instruções deste link e lembre-se de reiniciar o seu PC após instalar a nova versão do microcódigo.


FONTE: Softpedia

Comentários