Computadores antigos não devem mais ser o foco do Lubuntu


Desde o momento em que foi criado, há oito anos, o Lubuntu sempre foi conhecido como o sabor oficial do Ubuntu direcionado a usuários de "computadores antigos de 10 anos atrás", principalmente porque oferecia o LXDE (Lightweight X11 Desktop Environment) como o ambiente gráfico padrão e uma coleção de aplicativos considerados leves.

O Lubuntu nunca foi um sistema operacional inchado e nunca será, mas como os computadores de 32 bits estão indo embora e são muito difíceis de se encontrar atualmente, a equipe de desenvolvimento decidiu que é hora de mudar o principal objetivo da distribuição Linux de PCs antigos para máquinas modernas.

"Essas estatísticas trouxeram muito debate interno dentro da equipe do Lubuntu, mas decidimos que, no futuro, precisamos nos adaptar para o estado atual do mercado. Portanto, nosso foco principal está mudando de fornecer uma distribuição Linux para hardware antigo para uma distribuição funcional, ainda que modular, focada em sair do caminho e permitir que os usuários usem o computador", diz Simon Quigley.

"Em essência, isso está aproveitando algo que sempre fizemos com o Lubuntu; fornecendo um sistema operacional que os usuários podem usar para reviver seus computadores antigos, mas trazendo isso para a era da computação moderna", concluiu.

Futuros lançamentos do Lubuntu estarão adotando o LXQt

Como você já deve saber, as futuras versões do Lubuntu serão fornecidas com o ambiente gráfico LXQt por padrão, em vez do LXDE, que é antigo. O LXQt é a versão moderna do LXDE baseada em tecnologias Qt, então você também poderá usar muitos aplicativos Qt.

A primeira versão do Lubuntu a incluir o LXQt por padrão será a 18.10, com lançamento previsto para 18 de outubro. Também parece que o Lubuntu 18.10 pode não suportar instalações de 32 bits, embora ainda seja possível usar nessas máquinas o Lubuntu 18.04 LTS, que será suportado até abril de 2021.

No final, o Lubuntu continuará sendo o sistema operacional para trazer de volta à vida computadores antigos, mas, máquinas de 10 anos atrás que usam um processador dual-core de 64 bits com pelo menos 2GB de memória RAM, e não mais máquinas de 32 bits de 20 anos atrás. Para saber mais sobre essa decisão dos desenvolvedores do Lubuntu, confira o anúncio oficial.


FONTE: Softpedia | Lubuntu

Comentários