PowerShell da Microsoft agora está disponível no Linux como um Snap


Agora está mais fácil instalar o PowerShell em distribuições Linux, graças a uma parceria entre a Canonical e a Microsoft para levar o PowerShell Core para a Snap Store como um aplicativo Snap. A mudança permite que usuários e administradores do Linux executem a versão mais recente do PowerShell de maneira mais segura seja, por exemplo, na nuvem, desktop ou na internet das coisas (IoT).

Ainda em 2016, o PowerShell teve seu código aberto e os desenvolvedores anunciaram que também tinham planos de oferecer suporte ao Linux. Desde então, a solução da Microsoft já está disponível no Linux há algum tempo, porém, sem muita adoção, e agora o novo anúncio deve facilitar ainda mais a vida de quem deseja instalar o framework no Ubuntu ou em qualquer outra distribuição Linux que tenha suporte para a tecnologia Snappy.


Essa linguagem de linha de comando e script é implementada de maneira bastante satisfatória por meio do Snap. Há também um Snap secundário do "PowerShell Preview" para aqueles que desejam ter acesso aos recursos ainda mais avançados.

"Os Snaps são excelentes porque fornecem um formato de pacote único que funciona em várias distribuições Linux, da mesma forma como o PowerShell atua como uma plataforma de automação única entre sistemas operacionais. Esperamos que nossos usuários aproveitem a instalação simplificada e que se mantenham atualizados com a experiência dos Snaps tanto quanto nós", diz Joey Aiello, gerente de programa do PowerShell na Microsoft.

Como instalar o PowerShell no Linux

Para instalar o snap do PowerShell, caso você esteja usando o Ubuntu 16.04 LTS (ou versão superior), tudo o que você precisa fazer é acessar a loja online Snap Store (através deste link) ou clicar aqui para que o Ubuntu Software seja aberto com a instalação. Você também pode fazer isso usando o terminal, executando o seguinte  sudo snap install powershell --classic  ou, caso queira o PowerShell Preview, execute  sudo snap install powershell-preview --classic .

Como este é um aplicativo de linha de comando, você não encontrará um ícone sofisticado para ele no menu de apps. Em vez disso, para usar o PowerShell, basta abrir seu terminal favorito e executar  pwsh  ou  pwsh-preview , dependendo da versão do PowerShell que você instalou.

Embora o PowerShell agora esteja disponível para Linux no formato Snap, a Microsoft garante que os pacotes tradicionais para Linux do seu framework, que estão disponíveis no GitHub, não serão descontinuados, mas ressalta que o formato Snap simplifica ainda mais a instalação do PowerShell.


FONTE: Ubuntu Blog | Microsoft

Comentários