DXVK agora deve suportar jogos desenvolvidos com o Direct3D 10


O DXVK, famosa implementação que permite rodar jogos Direct3D 11 sobre a API Vulkan com o Wine, agora deve suportar também games desenvolvidos com o Direct3D 10. A abordagem usada é semelhante ao do projeto DXUP, pois trata-se de um wrapper em torno das interfaces do Direct3D 11. Este wrapper é suficiente para obter títulos D3D10 em execução, como é o cado de Crysis, Just Cause 2 e Assassin's Creed 1.

"Como foi discutido, o DXVK agora suporta o D3D10 além do D3D11. Assim como o DXUP, a implementação do D3D10 é um wrapper muito pequeno em torno das interfaces do D3D11 existentes, enquanto permite uma melhor interoperabilidade entre as duas APIs", diz os desenvolvedores.

Quanto ao que realmente suporta, bem, algumas coisas. A novidade implementa "a maioria" da API principal do Direct3D 10.1 e da API de shader. No entanto, a API de efeitos não é suportada atualmente. Além disso, para obter suporte ao D3D10, você precisará do d3dcompiler_43.dll nativo, que pode ser obtido usando, por exemplo, o winetricks.

Logo abaixo, você confere uma screenshot da versão de 64 bits do jogo Crysis disponível na loja online GOG. Segundo os desenvolvedores, outras versões do game, especialmente a versão de 32 bits disponível no Steam, provavelmente não serão executadas:


Existe também outro novo projeto chamado Direct3D 9-to-11, que tem como objetivo converter os programas do Direct3D 9 para o Direct3D 11. Ele deve ser usado com o DXVK e atualmente está em "desenvolvimento pesado". Será interessante ver como esse projeto se configura, embora já exista o projeto VK9 para ficar de olho.


FONTE: GamingOnLinux | DXVK/GitHub

Comentários